COMPARTILHAR
Garrett Adelstein
Garrett Adelstein

Garrett Adelstein é um jogador de profissional de poker que tem como principal destaque suas aparições em programas de cash game televisionados. Parte da atração da presença do americano não é apenas seu jogo agressivo, mas também a postura descontraída.

Na semana passada, Garrett foi o convidado do podcast de Joey Ingram, onde falou sobre diversos temas. Desde a depressão com a qual conviveu por vários anos até os meandros dos cash games high stakes, os dois conversaram sobre um pouco de tudo.

VEJA MAIS: Phil Hellmuth perde pote de US$ 104 mil em home game; você pagaria?

Em um dos momentos de destaque, Ingram pergunta o que Garrett pensa sobre os jogadores que querem “dar aula” na mesa após jogar uma mão. O profissional não poupou críticas e deu sua opinião sobre como não se deve agir em uma mesa.

Garrett Adelstein
Garrett Adelstein

“Eu sou alérgico a conversas de poker na mesa, é quase sempre melhor falar sobre outra coisa, e é mais divertido também”, contou Garrett. “Eu acho que as pessoas não discutem muito isso, mas quando você fala sobre estratégia na mesa, faz com que os jogadores menos experientes se sintam mais inseguros, então existem muitas razões para não fazer isso.”

Na sequência, ele falou sobre os jogadores que ficam pedindo a opinião de outros sobre uma mão jogada. “É algo que eu consigo entender e perdoar, mas ainda espero que isso melhore. Quando eles estão inseguros sobre sua jogada, querem discuti-la para ter a validação da mesa. Eles querem expressar seu conhecimento no jogo para os outros. Isso é incomum no high stakes, mas ainda vejo acontecer. É algo onipresente nos jogos menores, onde as pessoas são muito inseguras.”

Você já encontrou alguém nas mesas que quer ficar ensinando os outros? O que você pensa disso? Opine!

DÊ 'CALL' NO SUPERPOKER!

Receba conteúdos exclusivos, chamadas para ao vivo e promoções gratuitas para cadastrados.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.