COMPARTILHAR
Guilherme Cheveau - BSOP SP

Os brasileiros começaram com tudo o ano de 2019, em menos de vinte quatro horas, o país acumulou três mesas finais em um dos principais eventos do circuito internacional, o PokerStars Caribbean Adventure (PCA). Além do título de João Simão no Pot-Limit Omaha e o quarto lugar de Alexandre Mantovani no PCA National, Guilherme Cheveau também alcançou um grande resultado.

O craque conquistou o vice-campeonato no Evento #22 e recebeu US$ 20.000 pela performance após um acordo no heads-up. Segundo o HendonMob, site responsável por registrar o resultado dos jogadores do mundo todo, foi o maior resultado da carreira de Cheveau nos eventos ao vivo.

VEJA MAIS: João Simão avança entre os líderes no Dia 1A no Main Event do PCA

O grande campeão do torneio foi o canadense Timmy Richard, que somou US$ 23.610 ao bankroll. O torneio teve o buy-in de US$ 550 e recebeu 254 entradas, sendo que os 31 melhores foram premiados e Cheveau foi o único brasileiro que sobreviveu ao estouro da bolha.

Entre os jogadores que fizeram reta final estavam o português Pedro Marques (11º – US$ 2.260) e o chinês Haoxiang Wang (30º – US$ 1.080), que haviam feito mesa final do Main Event do EPT Barcelona no ano passado.

A partir das 16h30 (horário de Brasília), o SuperPoker irá transmitir todas as emoções da mesa final do Super High Roller do PCA. A equipe será composta por Fábio “Deu Zebra” Monteiro, Gabriel Otranto, Felipe Morais e João Paulo Braga.

Confira a classificação da mesa final:

1º – Timmy Richard (Canadá) – US$ 23.610*

2º – Guilherme Cheveau (Brasil) – US$ 20.000

3º – Dario Comitini (Itália) – US$ 12.360

4º – Julius Franz (Alemanha) – US$ 10.020

5º – Manuel Diaz (Estados Unidos) – US$ 7.940

6º – Jeffrey Trudeau (Estados Unidos) – US$ 6.020

7º – Yen Han (Taiwan) – US$ 4.400

8º – Aurelijus Sipavicius (Lituânia) – US$ 3.220

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.