COMPARTILHAR
Gustavo dos Santos - PPST
Gustavo dos Santos - PPST

O PPST (PPPoker Super Tournaments) realizou um torneio gigante nesse domingo (14). A competição de R$ 2 milhões garantidos rendeu forras impressionantes para os melhores colocados, e no topo deles, ficou o goiano Gustavo dos Santos.

A disputa teve buy-in de R$ 290 e registrou um field notável de 8.136 entradas, proporcionando um prize pool de R$ 2.120.000, superando o garantido. Com o título, Santos embolsou R$ 244.682. Ele bateu “MataRato” no heads-up, e “zedoblef” completou o pódio. Confira o resultado da mesa final:

1. Gustavo “gabriela9999” dos Santos – R$ 244.682
2. “MataRato” – R$ 139.694
3. “zedoblef” – R$ 90.960
4. “PKRick” – R$ 87.725
5. “Aecioneves” – R$ 60.946
6. “mesquitaallin” – R$ 52.270
7. “Rodrigo1983” – R$ 31.904
8. “Spewlord” – R$ 21.842
9. “Cyllus” – R$ 19.618

VEJA MAIS: Em domingo histórico, principais torneios no PPPoker distribuem R$ 5,4 milhões em premiações

O jogador, natural de Anápolis (GO), confessou em entrevista para o SuperPoker que o torneio exigiu muito das partes física e mental. “Os torneios do PPPoker são muito desgastantes, foram 16 horas de disputa com cinco minutos de intervalo”, confessou Santos.

Ele também explicou como faz para encarar esse desafio. “Eu tendo a separar os torneios em partes”, disse. “Primeiro, fazer o máximo de bounty possível antes do ITM. Segundo, passar o período de registro tardio, que é de cinco horas. Depois disso, começar a jogar mais sólido em spots confortáveis. E por último, alcançar a reta final, que é onde está a maior parte da grana e dos jogadores bons”, explicou o jogador.

O prêmio conquistado no domingo foi o maior da carreira de Santos. O título significa que ele conseguiu alcançar objetivos que buscava há tempos. “O que nós, profissionais, ouvimos é sempre sobre o longo prazo, estudar, jogar e estudar mais”, disse. “É como um médico, que estuda sete anos para se especializar e só depois receber por isso”, comparou o jogador.

VEJA MAIS: PPPoker lança nova versão para PC que permite jogar em até cinco mesas simultaneamente

O goiano demonstrou satisfação por ser recompensado com a forra. “Durante o período de aprendizado, você passa por muitas situações de estresse, que não é qualquer um que consegue superar”, confessou, e ainda deu uma dica. “Se você quer ganhar dinheiro com o poker, faça sua faculdade e entre no mercado”, aconselhou.

Santos também demonstrou satisfação com o aplicativo. “Eu gostei muito da série, pretendo jogar e cravar mais”, confessou. “Gosto muito do PPPoker, atualmente o meu grind está sendo praticamente todo no aplicativo”, contou o jogador.

A reação ao conquistar o título foi de alívio. “Senti que foi um trabalho concluído com sucesso”, disse. “Foi como uma dívida paga comigo mesmo”. E a glória veio em um momento bastante oportuno para Santos. “Descobri um dia antes que vou ser pai”, comemorou o goiano.

Por fim, Santos quis dedicar essa conquista a uma pessoa muito especial. “Esse título vai para o meu mestre, professor e amigo Francisco Nogueira ‘Chiconogue'”.

A série PPST, que tem um total de R$ 20 milhões garantidos, segue tomando as mesas do PPPoker. Até dia 30 de junho, outras forras de respeito serão distribuídas nos torneios que reúnem as Ligas Suprema e Brazil Poker.

Ainda não tem conta no PPPokerClique no link e abra já a sua!

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.