COMPARTILHAR
3-handed Super High Roller Bowl
3-handed Super High Roller Bowl

O Dia 4 do Super High Roller Bowl foi tenso, com muitas e muitas mãos jogadas. Com um prêmio valendo US$ 6 milhões, os jogadores foram cuidadosos, mas souberam aproveitar spots interessantes durante toda a disputa no Aria. O torneio foi reiniciado com oito jogadores, sendo o primeiro a cair o famoso “bolha”. Simplesmente, demorou quase sete horas para alguém ser eliminado.

A ingrata colocação ficou com o americano Jason Koon, que era o short stack da disputa. Apesar de sobreviver por muitos níveis sendo o short stack e dobrar as fichas sem precisar ir em all in contra alguém, o craque não resistiu e acabou em oitavo. Após a queda de Koon, o jogo prosseguiu por pouco mais de uma hora até as ações “pegarem fogo”.

A liderança era de Pratyush Buddiga (cerca de 4.800.000), seguido por Jake Schindler (cerca de 4.100.000). Os outros jogadores tinham stacks parecidos, que variavam na casa de 1.000.000 e 2.000.000. Aí aconteceu a principal mão da noite, onde Schindler tomou a liderança máxima do Super High Roller Bowl.

Nos blinds 20.000 / 40.000 (antes de 40.000, igual ao big blind), Vogelsang abriu raise para 90.000. Schindler, do botão, pagou com 88. No big blind, Buddiga, com AA, subiu para 400.000. O alemão foldou e Schindler efetuou o call. O flop veio Q87, com duas de copas. Buddiga deu check e pagou a aposta de 400.000 do adversário. O turn veio um 3 preto, e novamente Buddiga pediu mesa e deu call no bet de 750.000 de Schindler. O river completou o board com outro 3 preto, dando full house para Jake Schindler.

Buddiga deu check novamente. Jake Schindler pensou por muito tempo e shovou todas as fichas. Com AA, Pratyush Buddiga também ficou na pensativa, mas efetuou o call, que custou quase todo o seu stack gigantesco. Depois de ficar short, ele deu sorte de não cair em sétimo, pois dobrou as fichas contra Bonomo em all in pré-flop de A6 contra A9.

Bonomo caiu em sétimo, quando trincou com 42 no board 229JQ. Vogelsang colocou ele na porta no river com KT e o “cabelo rosa” não conseguiu escapar. Rapidamente, na sequência, Buddiga deu adeus em sexto, Byron Kaverman caiu em quinto. O único recreativo da mesa final, Leon Tsoukernik, foi eliminado na quarta colocação.

O jogado foi pausado no 3-handed entre Jake Schindler, Cristoph Vogelsang e Steffan Schillhabel, que está bem curto em relação aos outros. A disputa pelos US$ 6 milhões recomeça às 17h.

Confira os stacks e quanto levaram os eliminados:

Jake Schindler – 10.670.000

Cristoph Vogelsang – 5.245.000

Steffan Schillhabel – 885.000

4o – Leon Tsoukernik – US$ 1.800.000

5o – Byron Kaverman – US$ 1.400.000

6o– Pratyush Buddiga – US$ 1.000.000

7o – Justin Bonomo – US$ 600.000

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.