COMPARTILHAR

Após o título de Rodrigo Strong, na última etapa do LAPT, nenhum brasileiro conseguiu chegar na mesa final na edição do Panamá, que contou com 553 entradas, a segunda melhor marca da história no solo panamenho.

Único brasileiro entre os 32 que jogaram o Dia 3, o curitibano Janir Muller foi eliminado na mesa semifinal em 15º lugar (US$ 7.440). Nos blinds 10 mil / 20 mil com antes de 3.000, Janir e Tobias Schwecht foram de all in pré flop e o A8 do brasileiro não superou o QQ do adversário no board 62347.

A mesa final foi formada quando o carrasco de Janir Muller foi eliminado na 9ª colocação, quando estava com apenas um blind. Quem derrubou o austríaco foi o americano Aaron Mermelstein, bicampeão em eventos da WPT (World Poker Tour).

O profissional espanhol Raul "El Toro" Paez puxa a fila com 2.580.000 fichas. Mermelstein vem logo atrás com 1.802.000, seguido de perto pelo venezuelano Ruben Suarez, dono de 1.477.000 fichas. O campeão leva para casa US$138.225. Confira a contagem da mesa final:

Raul Paez (Espanha) – 2.580.000 fichas
Aaron Mermelstein (EUA) – 1.802.000 fichas
Ruben Suarez (Venezuela) – 1.477.000 fichas
Austin Peck (EUA) – 1.351.000 fichas
Paul Cukier (Costa Rica) – 1.341.000 fichas
Anderson Blanco (Colômbia) – 1.225.000 fichas
Andres Carillo (Colômbia) – 659.000 fichas
Alcides Gomez (EUA) – 562.000 fichas

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.