COMPARTILHAR
João Simão - Evento 17 - WSOP 2018
João Simão - Evento 17 - WSOP 2018

João Simão claramente não está satisfeito com a estrutura oferecida pelo Rio Casino & Hotel, sede da WSOP. O estopim do descontentamento do mineiro aconteceu com o defeito no sistema de ar condicionado do hotel, que gerou um ambiente desconfortavelmente quente nos salões.

No Instagram, Simão escreveu: “40 graus dentro do salão. Ar condicionado quebrado. Impraticável. Queria entender se não é possível fazer o evento em outro local”. As críticas não pararam por aí: “Quartos terríveis, academia péssima, comida horrível, não tem room service. Todo ano ar quebra…enfim, já deu de ser no Rio, né? Será que não dá para mudar?”.

VEJA MAIS: Brasileiros fãs dos Mixed Games se inscrevem no Evento #22 da WSOP; confira a galeria

Se a experiência em Las Vegas não está sendo das mais prazerosas, a opinião de Simão sobre os torneios no Brasil é cheia de elogios. “Não devemos em nada para eles”, escreveu o jogador. “Do jogador a organização, staffs, dealers. E olha que poker no Brasil é um bebê comparado aos EUA. Parabéns a todos da comunidade que fazem bonito.

Simão concluiu: “por fim, mais uma vez parabéns pro poker brasileiro. Dão um show de estrutura comparado com a WSOP. Do dealer aos blinds, poker americano ficando ultrapassado e o brasileiro crescendo mensalmente.”

Não é a primeira vez que jogadores mostram descontentamento com o hotel sede da WSOP. No ano passado, problemas com banheiros quebrados foram uma das principais reclamações. Será que a WSOP deveria se mudar?

A cobertura do SuperPoker na WSOP é patrocinada pelo Bodog e conta com o apoio do H2 Club e do BSOP. Clique aqui para abrir sua conta no Bodog.