COMPARTILHAR
João Simão
João Simão

Quem esperava ver um João Simão abatido pela eliminação no quarto lugar do Main Event do partypoker Millions Germany, acompanhou um cenário bem diferente. Minutos após a queda, o mineiro apareceu sorridente em seu Instagram, comemorando o ótimo resultado.

“Acho que fiz meu melhor”, contou Simão. “Infelizmente acho que peguei o pior assento, que era com o chip leader na esquerda e o Isildur também, um cara muito agressivo, então eu ficava numa situação muito ruim estrategicamente. Tive que ajustar, usando de limp”.

Além de agradecer o apoio e as centenas de mensagens recebidas, Simão deu uma verdadeira aula de poker ao comentar três mãos importantes na mesa final. Confira o que disse o mineiro.

João Simão
João Simão

1ª mão – Simão entrou de limp com AK no small blind e Plesuv fez tudo 21.000.000 do big blind com 52o, nos blinds 3.000.000/6.000.000, recebendo o call. O flop trouxe T84 e ambos deram check, mesma ação do turn 5, quando o moldavo fez um par. O river trouxe um 8, deixando o board sem chances de flush, e o brasileiro apostou 23.500.000, recebendo o call e perdendo o pote.

Explicação: Peguei um AK e limpei, o chip leader deu raise e eu sabia que o range dele era muito fraco, por esse tamanho de aposta que ele fez. Eu não dei all in porque não queria recolher ali só 20 milhões de fichas, estrategicamente não mudava nada, eu tinha 240, 250 e ele 500 e pouco, então acho que qualquer jogada diferente ali não era boa. O principal motivo é que eu precisava balancear o meu limp. Como eu estava usando muito de limp, se eu pegasse uma mão forte e aumentasse, quando eu começasse a limpar de novo eles iriam me dar raise. Como tem a transmissão, certamente todo mundo estava ali no celular olhando mensagens de amigos, então rapidinho iriam começar a me explorar. O limp ali era quase uma obrigação. Eu não gosto do limp/all in, por uma questão de estratégia, e o limp/raise é muito desnecessário, criar um pote grande fora de posição. Quando ele tiver uma mão fraca vai foldar e eu não quero tomar all in de JT, de 22, obviamente, estava com um stack confortável, confiante, então acho bem tranquilo o AK ali. Outra coisa foi betar o river, acho que tem que apostar porque a partir do momento que ele foi check flop e check turn, ele não tem uma mão muito forte, então é uma mão fraca, mas que tem valor. Achei que pudesse ser um A-high, que não ia apostar e eu ia deixar de ganhar um dinheiro de um A pior, e se ele tivesse um par provavelmente no river ele apostaria.

João Simão
João Simão

2ª mão – Nos blinds 3.000.000/6.000.000, Plesuv abriu para 12.000.000 com KQo e Simão aplicou a 3bet para 44.500.000 com QTo do big blind, recebendo o call. O flop trouxe K94 e ambos deram check, assim como no turn 7. O river trouxe um 6, sem chances de flush no board, e Simão apostou 22.000.000, recebendo o call do moldavo.

VEJA MAIS: Viktor “Isildur1” Blom vence partypoker Millions Germany com hero call incrível na mão final

Explicação: Ele está abrindo tudo. Estou recebendo mensagem que ele está abrindo T4, o range todo, e QT, fora de posição e com aquele stack, eu vou jogar de forma muito explorável pós-flop. Como não tem como ele me dar um 4bet/fold ali, quando eu 3beto alto, e ele não vai dar all in blefando, porque não quer expor o stack todo dando all in, acho o 3bet alto bom, deixo meu jogo inexplorável e ele tem muito lixo. Ele tem que ter muito lixo, porque é chip leader e está pressionando na pressão financeira, acabei sendo infeliz de ele ter KQ. É meio suspeito esse call de KQ, com esses stacks e sendo off. Ele quase foldou, eu não gosto muito do call dele porque ele está com o torneio na mão, não é hora de ele jogar quando alguém mostrou força, está todo mundo “deixando” ele explorar por motivos estratégicos. Eu, se fosse o chip leader, tudo que não quero é me expor num ‘guessing game’, realmente adivinhar se eu estava 3betando light ou não. Eu não dei nenhum 3bet nele o torneio inteiro e já tinha jogado o AK o que me deu confiança pra 3betar também. Enfim, ele pagou e nessa hora sei que ele tem um pouco de KQ, tem muito AT, AJ, QJs, se ele tem KQ pode ter KJs, então decidi ir de check até o river, para representar um QQ, JJ, TT, ou até um KJ, KT que eu squeezei e quero controlar o flop. Acho que ele vai de check até o river com todas essas mãos (QJ, KQ, A-high), então tem muito mais combo de mãos que vão foldar do que pagar, apesar de eu achar que ele pode ter KQ ali. Mas então eu só preciso fazer uma aposta barata, de um terço, que só precisa passar 25% das vezes. Acho que tem muito mais que 75% de combos que foldam ali, então acho que é uma jogada bem tranquila.

João Simão
João Simão

3ª mão – Simão era o primeiro a agir e deu mini raise para 7.000.000 com 76 de paus. Plesuv pagou com KJ de paus no small blind e Radoslaw Wesierski completou o big blind com T6 de espadas.

No flop J98 rainbow, a ação chegou em check até Plesuv, que apostou 7.500.000. Wesierski pagou e Simão aplicou o raise para 22.000.000. Plesuv foldou e Wesierski pagou, deixando 41.000.000 em fichas para trás. O turn trouxe um 9 e ambos deram check. No river, um 7 completou o straight de Wesierski, que deu check. Simão pensou por alguns minutos e acabou dando check behind, perdendo o pote.

Explicação: Acabei tomando também um 76 de paus que eu dei raise flop e o cara pagou de T6, meio suspeito. Mas depois que ele paga bate um turn horrível, aquele 9 foi muito ruim para mim. Eu acho que com o J ele já tinha dado all in no flop, então estou colocando ele em T9, T8 no máximo, e aí no river bate o 7, que acaba comigo né, tive que abortar. Basicamente esses três potes foram bem ingratos, faltou acertar um cooler a favor, acertar flop e o cara acertar pior, basicamente todos os potes grandes que ganhei foi blefando, exceto o KK, também tomei um QQ x KK que mudou muito a realidade do torneio.

João Simão
João Simão

Conheça uma das maiores salas de poker online do mundo! Abra sua conta no partypoker.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.