COMPARTILHAR
Justin Bonomo campeão do Big One for One Drop
Justin Bonomo campeão do Big One for One Drop

Se alguém tinha dúvida sobre qual o grande nome do poker em 2018, nesta terça-feira ela foi solucionada: é o ano de Justin Bonomo. O norte-americano venceu o The Big One for One Drop, levou a bagatela de US$ 10 milhões, conquistou seu terceiro bracelete na WSOP e alcançou o topo da lista dos jogadores mais premiados de todos os tempos em torneios ao vivo.

Bonomo soma agora incríveis US$ 42.979.593 de faturamento, tirando o posto de maior da história de Daniel Negreanu, que contabiliza US$ 39.656.197. Erik Seidel, com US$ 34.575.437, completa o Top 3.

Somente em 2018, Bonomo soma US$ 24.945.425 em premiações. São 10 títulos em torneios com ao menos US$ 10 mil de buy-in, incluindo os braceletes do Heads-Up Championship e agora do The Big One for One Drop.

“Ser o número 1 na lista de mais premiados é incrível, muito bom”, destacou o craque. “Sinto que tenho jogado um poker fantástico nos últimos meses, e isso é algo de que eu posso ter muito orgulho. Não vou dizer que sou o melhor jogador do mundo, mas sei que estou lá em cima”.

O Dia Final do The Big One for One Drop começou tenso, com seis jogadores na bolha da zona de premiação e liderança confortável de Bonomo. Após a eliminação de David Einhorn em sexto, todos já tinham US$ 2.000.000 garantidos.

Na sequência deixaram o torneio Byron Kaverman, em quinto, Rick Salomon, em quarto, e Dan Smith, em terceiro. Restou como adversário de Bonomo no heads-up o alemão Fedor Holz, campeão do High Roller for One Drop de 2016.

A esta altura, o norte-americano já havia perdido toda a vantagem do início do dia. E assim foi para o mano a mano decisivo com cerca de 1/3 das fichas do rival. Bonomo precisou de 44 mãos e quase duas horas de jogo para selar definitivamente a virada. Na derradeira delas, seu AJ segurou contra o A4 do alemão no bordo K832Q.

A edição 2018 do The Big One for One Drop registrou 27 entradas de US$ 1 milhão e arrecadou US$ 2 milhões para a One Drop, organização que visa levar água para as regiões mais remotas do planeta.

Confira abaixo a classificação final:

1 – Justin Bonomo (EUA) – US$ 10.000.000
2 – Fedor Holz (Alemanha) – US$ 6.000.000
3 – Dan Smith (EUA) – US$ 4.000.000
4 – Rick Salomon (EUA) – US$ 2.840.000
5 – Byron Kaverman (EUA) – US$ 2.000.000

A cobertura do SuperPoker na WSOP é patrocinada pelo Bodog e conta com o apoio do H2 Club e do BSOP. Clique aqui para abrir sua conta no Bodog.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.