COMPARTILHAR
Kahle Burns campeão do A$ 100.000 Challenge do Aussie Millions
Kahle Burns campeão do A$ 100.000 Challenge do Aussie Millions

O primeiro mês de 2020 nem chegou ao fim e o craque Kahle Burns já chegou ao segundo título no ano. Duas semanas após vencer o evento na Inglaterra e receber uma bela de forra de seis dígitos, o profissional australiano conquistou um título em casa.

Burns não deu chance para a estrelada concorrência do A$ 100.000 Challenge do Aussie Millions e foi o campeão do torneio. Com o resultado, o profissional conquistou o prêmio de US$ 1.198.300.

VEJA MAIS: WSOP anuncia bounty misterioso, Freezeout Series e Super High Roller inéditos

Apesar da premiação milionária, esse não é o maior resultado da carreira do profissional. Em 2017, o jogador faturou mais de US$ 1,3 milhão, após ficar com a terceira colocação em um Super High Roller em Macau. Com mais este prêmio, Burns se aproxima da marca de US$ 10 milhões em resultados no circuito live.

É a sexta cravada do australiano em casa, mas a primeira no Aussie Millions. Para chegar ao topo, o jogador não teve vida fácil, mas contou com uma reta final arrasadora.

Iniciando a mesa final com o segundo menor stack entre os oito finalistas, Burns não teve um começo favorável e se tornou o short stack logo nas primeiras mãos da decisão. A recuperação aconteceu ainda com nove jogadores, após conseguir puxar alguns potes em sequência, o australiano triplicou e se tornou uma das principais pilhas.

Burns chegou à liderança em fichas ainda com oito jogadores restantes e, após eliminar Shan Huang na bolha do torneio, ampliou a vantagem. Administrando a superioridade em fichas, o australiano aguardou a queda dos primeiros adversários da decisão para voltar a imprimir o seu ritmo.

A partir do 5-handed, o profissional foi o responsável por todas as eliminações. Chegando ao heads-up com quase quatro vezes mais fichas contra Alex Foxen, Burns não precisou de muito tempo para confirmar a vitória. Com o vice-campeonato, o americano recebeu US$ 762.740. Foi o 15º prêmio de pelo menos seis dígitos do australiano em seis meses.

Confira a classificação da mesa final:

1º – Kahle Burns (Austrália) – US$ 1.198.300

2º – Alex Foxen (Estados Unidos) – US$ 762.740A

3º – Aaron van Blacrum (Estados Unidos) – US$ 508.370

4º – Bryn Kenney (Estados Unidos) – US$ 399.433

5º – Michael Soyza (Malásia) – US$ 290.497

6º – Sam Grafton (Reino Unido) – US$ 254.185

7º – Timothy Adams (Canadá) – US$ 217.687

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.