COMPARTILHAR
Kevin Martin

Para quem ainda pensa que poker é um jogo de “feeling”, onde o jogador que souber “mentir melhor” vai sair vitorioso, a quantidade de cálculos envolvidos na estratégia do jogo pode assustar. Após passar por uma decisão complicada em um torneio no PokerStars, Kevin Martin foi ao Twitter para questionar seus seguidores.

“Torneio de $109, nós abrimos do hijack. Reg lucrativo e agressivo vai all in de 16 bbs do small. Nós estamos jogando estritamente pelo EV (Valor Esperado) de fichas. Pagar com A9s ou foldar? Se você folda, qual é seu range de call?”

VEJA MAIS: Reta final do PCA, overpair na mão e aposta de David Peters: o que você faria?

Os comentários na postagem foram divididos. “Fold simples. Você está arriscando muito do stack nessa situação com uma mão marginal na melhor das hipóteses”, diz um seguidor, enquanto outro discorda. “Mesmo que ele não esteja shovando todos os àses ou melhores, A9 ainda é um call porque muitas vezes ele estará apostando com cartas broadways [K,J,Q e T] conectadas”.

Utilizando um “solver”, ou seja, um programa no qual é possível simular as situações e verificar o EV de cada mão na jogada, Kevin define o que crê ser o range de shove do adversário (imagem à esquerda) aponta que o programa dá um EV positivo de +1,31 para o A9s (à direita).

Range do adversário e EV das mãos
Range do adversário e EV das mãos

Por outro lado, para o também streamer Patrick Tardif, o range do adversário nesse caso não teria todos os áses naipados, nem todos os pares, o que diminuiria bastante o EV do call. Os gráficos, números e porcentagens podem parecer assustadores, mas os solvers são utilizados hoje pela maioria dos profissionais para estudar spots complicados após as sessões.

E você, o que faria nessa situação? Call ou fold?

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.