COMPARTILHAR
Dealer no Ladies Event - Battle of Malta
Dealer no Ladies Event - Battle of Malta

O Ladies Event do festival “Battle of Malta” tomou uma decisão questionável, causando revolta na comunidade do poker. O torneio contou apenas com dealers homens, todos trabalhando sem camisa.

Não demorou para que fotos do evento surgissem nas redes sociais, gerando muitas críticas. A profissional Daiva Byrne escreveu no Twitter: “Eu não sei quem achou isso uma ideia aceitável para o Ladies Event. Eu, como a maioria das mulheres aqui, achei isso ofensivo tanto para as jogadoras quanto para os dealers”.

VEJA MAIS: Jogador dá impressionante hero call com apenas 9-high na WSOP Circuit Rozvadov

O belga Kenny Hallaert, que também trabalha como diretor de torneios, foi outro a pegar pesado. “Quem teve essa ideia nunca mais deveria poder organizar um torneio de poker. Estou realmente envergonhado e chocado de ver isso como um jogador/organizador”.

Após dezenas de comentários similares, o evento soltou uma nota oficial assumindo o erro. “Nossa intenção foi criar uma atmosfera divertida e acolhedora para todos no festival. Respeitamos todos os nossos jogadores e staff e, certamente, não tínhamos intenção de perturbar ninguém, ou fazer alguém se sentir desconfortável. Pedimos sinceras desculpas se esse foi o caso.”

Além disso, a organização do Battle of Malta anunciou que todas as taxas de inscrição desse Ladies Event serão doadas à Pink October Malta, instituição que trabalha para aumentar a conscientização sobre o câncer de mama. Para o evento do ano que vem, o garantido do torneio foi aumentado para €25 mil, bem acima dos € 10 mil garantidos neste ano.

O que você achou da iniciativa do evento? Opine!

 

DÊ 'CALL' NO SUPERPOKER!

Receba conteúdos exclusivos, chamadas para ao vivo e promoções gratuitas para cadastrados.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.