COMPARTILHAR
Leonardo Mattos - BSOP Millions
Leonardo Mattos.

Não faltou emoção nas primeiras horas desta quinta-feira (13) para os amantes do esporte da mente. Após um heads-up muito tenso, Leonardo Mattos foi o grande campeão do Evento #59 (US$ 2.500 NL Hold’em Double Stack) da WSOP Online.

Junto com o prêmio de US$ 399.047 e o pacote para a WSOP Europa, o baiano conquistou a joia mais cobiçada do esporte: o bracelete da WSOP. Com apenas 22 anos, Léo Mattos, como é conhecido no meio, se tornou o mais jovem brasileiro campeão mundial. “É uma sensação indescritível, de muita felicidade, parece que a ficha não caiu”, festejou o jogador. “Trabalhamos por esses momentos, quando eles chegam é algo surreal”.

VEJA MAIS: WSOP Online chega à metade no GGPoker com mais de US$ 50 milhões entregues; confira

Foi o quarto título brasileiro nesta edição da WSOP Online. Mostrando a grande força do pelotão verde e amarelo, o país colocou três representantes na decisão do torneio. Além do campeão, estavam presentes Fabiano Kovalski e Pedro Madeira, companheiro de 4bet Poker Team. “O Kovalski é uma das melhores pessoas que tem no poker, um gentleman. Já o Gusma, tenho uma relação muito próxima, me espelho muito nele, um jogador que tenho muito que aprender, gosto do seu jogo agressivo”, elogiou o baiano.

O momento mais complicado na decisão foi justamente no confronto final contra o alemão Christopher Putz. O adversário conseguiu abrir uma vantagem de quase quatro vezes mais fichas, mas o brasileiro foi buscar a diferença. Leonardo contou como foi o preparo psicológico para se manter focado e não deixar o jogador confirmar a vitória. “Eu não sou um dos melhores em mindset, mas puxei muito meu pai de acreditar bastante, ter muita gana. Sabia que uma dobra me recolocava no jogo, mantive a calma para aguardar os melhores spots”.

Leonardo Mattos - BSOP Millions
Leonardo Mattos – BSOP Millions

O jogador falou da estratégia para o heads-up. “Sei que errei em algumas mãos no 3-handed, mas no HU eu acredito que tenha jogado muito bem, não o conhecia de outros eventos. Ele estava jogando a mesa final bem tight, mas no final, ele me tirou da zona de conforto, fazendo size bets bem altos. Eu precisava ver um showdown para ver o que estava passando na cabeça dele em questão de estratégia”.

Apesar da grande desvantagem no confronto final, Leonardo destacou outro ponto crucial no duelo final. “A principal hora é quando vira o duelo, você não pode ir muito afoito, querendo vencer logo, é necessário manter a calma e tranquilidade”.

VEJA MAIS: Brasil entra no top 10 de países mais vencedores na WSOP; confira

A decisão foi transmitida ao vivo pelo SuperPoker e com as cartas reveladas, que foi assistida pelo campeão. “Eu sou um cara muito emotivo, ver o Vitão [Victor Marques] narrar aquela mão final, com aquela emoção, sou muito ligado ao meu estado, amo muito a Bahia, sou torcedor do E.C. Bahia, ver ele mencionando o estado, me deixou muito feliz, foi sensacional, me emocionei bastante”, revelou.

Logo após a conquista, a festa do título foi com sócios e jogadores do time, inclusive Pedro. No meio da comemoração, o profissional estava analisando algumas jogadas da decisão. “Nós discutimos estratégias, algumas mãos que nós erramos, em particular uma mão que eu shovo dois pares, facilitando demais a decisão dele, que tinha top pair”, contou.

VEJA MAIS: Leonardo Mattos é campeão do Evento #59 da WSOP Online em mesa final com três brasileiros

A jornada do jogador podia ter sido bem diferente. Ainda com 30 jogadores no torneio, Léo se envolveu em um all in pré-flop com QQ contra AK. Um A no flop complicou demais a situação, mas um Q no turn deu o pote para o profissional que se tornou chip leader.

Leonardo fez questão de enaltecer o papel do 4bet Poker Team na conquista. “A importância não foi nem 90%, mas sim 100%, porque eu vim de um momento ruim na minha vida, em que tomei decisões que não eram corretas, em que as pessoas não acreditavam em mim dentro do poker e eles me abraçaram, me contrataram”. O campeão fez questão de enaltecer quatro grandes nomes do time. “O [Marcos] Sketch ficou do meu lado o tempo todo, me orientou, o Rafa [Moraes], é mais paizão, pega no meu pé, mas entendo perfeitamente, o [Thiago] Crema sempre está do meu lado e libera as coisas. Já na parte técnica, eu tenho que ressaltar o Will Arruda, foi realmente uma benção em minha vida, pois além do lado humano, ter um cara que é seu mentor, que está do seu lado o tempo todo, lhe colocando pra cima é sensacional”.

Leonardo Mattos - BSOP Millions
Leonardo Mattos – BSOP Millions

Mesmo tendo conquistado a maior honraria do poker, o profissional se mantém com os pés no chão, buscando evoluir tecnicamente. “Preciso fazer muitos ajustes, principalmente teórico. Quero me consolidar nos high stakes, jogar tudo que eu acredito que bato e, principalmente, não me acomodar” e seguiu falando da paixão pelo esporte. “O Leonardo é poker, é a minha paixão, me entrego totalmente a isso”.

VEJA MAIS: Daniel Negreanu é eliminado por Thiago Grigoletti na WSOP Online e reclama em streaming

O jogador aproveitou o momento para deixar uma mensagem. “Queria dizer apenas uma coisa, acredite nos seus sonhos, lute, se você errou, reconheça seu erro, corra atrás, pois ninguém carrega moral para te julgar, refaça sua história, foi isso que eu fiz”.

Leonardo encerrou oferecendo a vitória para as pessoas que o apoiam na jornada. “Queria dedicar para minha família, a Juliana, minha esposa, meu pai, minha mãe, meus amigos, Marcelo, Cecília, Breno, Rodrigo Fortuna, Du, Canajá, pessoal do Close Friends, Cissa, Joba e o pessoal do 4-bet”.

Clique aqui para abrir sua conta no GGPoker e buscar a joia mais cobiçada do poker na WSOP Online.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.