COMPARTILHAR
Leonardo Mattos - BSOP Millions
Leonardo Mattos - BSOP Millions

Em uma mesa final dominada por brasileiros, Leonardo Mattos brilhou, desbancou uma competição com 1.061 competidores, conquistou o título do Evento #59 (US$ 2.500 NL Hold’em Double Stack) da WSOP Online e levou o belo prêmio de US$ 399.047. Junto com a gigantesca forra, o baiano faturou o cobiçado bracelete de campeão, a joia mais cobiçada do esporte.

É a décima vez, sendo a quarta apenas em 2020, que um brasileiro venceu um torneio na Copa do Mundo de Poker. Léo Mattos, como é conhecido no meio, se junta a Alexandre Gomes, André Akkari, Thiago Decano, Roberly Felício, Murilo Figueredo, Marcelo Jakovljevic, Eduardo Garla e Yuri Martins, que venceu duas vezes, no seleto grupo do time verde e amarelo campeão mundial.

VEJA MAIS: Pedro Madeira leva um out no river em mesa final na WSOP Online; assista

O Evento #59 da WSOP Online foi para coroar a grande performance do pelotão tupiniquim. O país colocou impressionantes três jogadores na decisão do torneio. Junto com o campeão, estava o companheiro de 4bet Poker Team Pedro Gusma, eliminado na terceira colocação, e o craque do Samba Poker Team Fabiano Kovalski.

Léo iniciou a mesa final na segunda colocação em fichas e conseguiu administrar muito bem o stack. A primeira vez que apareceu na liderança, foi na formação do 4-handed, quando eliminou o português Antônio Pedro.

A liderança não durou muito tempo, pois Pedro Madeira, que havia iniciado na liderança, voltou a puxar potes em sequência e colocou vantagem sob os adversários. Quando restavam apenas três jogadores, o jogo não fluiu da melhor forma para o mineiro, que perdeu potes em sequência e em um clássico coin flip viu seu torneio chegar ao fim, com seu 88 perdendo para o AK do adversário no bordo 577A5. Com dois pares maiores, o alemão, que estava jogando sob a bandeira da Áustria, Christopher Putz puxou o pote e iniciou o duelo final em vantagem contra Léo.

VEJA MAIS: Daniel Negreanu é eliminado por Thiago Grigoletti na WSOP Online e reclama em streaming

Se o 3-handed não foi favorável para Pedro, foi o momento que começou a brilhar o jogo de Christopher. Sem precisar dar showdown, o jogador foi acumulando fichas e superando os adversários.

No heads-up, Léo viveu o seu momento mais delicado na mesa final. O alemão manteve o alto nível de jogo e chegou a abrir uma imponente de vantagem de quase quatro vezes mais fichas. Não desistindo de buscar a maior honra do poker mundial, o baiano foi paciente, soube aproveitar os momentos. Com duas dobras, o brasileiro assumiu a liderança em fichas e com o dobro do stack do adversário.

Com a liderança em fichas, foi a vez do tupiniquim comandar as ações da reta final e minutos depois confirmou a vitória. Restou ao vice-campeão o prêmio de US$ 298.296 pela performance.

Assista a mão que garantiu o título para Leonardo Mattos na voz marcante de Victor Marques:

Confira a classificação da mesa final:

1º – Leonardo Mattos (Brasil) – US$ 399.047

2º – Christopher Putz (Alemanha) – US$ 298.296

3º – Pedro Madeira (Brasil) – US$ 216.473

4º – Nethanel Klein (Israel) – US$ 157.095

5º – Antônio Pedro (Portugal) – US$ 114.004

6º – Kevin Gibson (Canadá) – US$ 82.733

7º – Fabiano Kovalski (Brasil) – US$ 60.039

8º – Yiannis Liperis (Reino Unido) – US$ 43.570

Clique aqui para abrir sua conta no GGPoker e buscar a joia mais cobiçada do poker na WSOP Online.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.