COMPARTILHAR
Marcelo Mesqueu campeão do Heads-Up do BSOP Gramado
Marcelo Mesqueu campeão do Heads-Up do BSOP Gramado

Marcelo Mesqueu está disposto a não dar esperança para os adversários na disputa pelo ranking geral do BSOP. Após Ricardo Nakamura fazer duas mesas finais no primeiro dia da etapa de Gramado, o carioca deu a resposta no dia seguinte.

Mesqueu não deu chance para os adversários e venceu o Heads-Up. Com o título, o jogador faturou o prêmio de R$ 13.560 e preciosos pontos para seguir tranquilo na liderança da classificação. “Não posso dizer que já está garantido, porque os adversários também estão pontuando. A vantagem para o segundo aumentou, mas para o terceiro diminuiu, mas ainda é boa. Agora, é trabalhar para seguir aumento para deixá-los drawing dead”.

VEJA MAIS: Em duelo disputado, João Bauer supera Luis Kamei e crava Start-Up do BSOP Gramado

O carioca chegou ao quarto título da temporada no BSOP, sendo o segundo no Heads-Up. Apesar das frequentes vitórias, o jogador comentou o quão especial é vencer. “A adrenalina da vitória segue a mesma. Eu fico emocionado de pegar um troféu, minha filha pede, eu entrego para ela e ouvir ela dizer ‘papai você é bom, é demais’, isso é muito gratificante”.

A disputa final do Heads-Up foi marcada por um belo gesto de esportividade de Felipe Ketzer. Devido a estrutura muito deep e o o número de inscritos, o torneio se arrastou por um longo período. Faltando apenas 15 minutos para encerrar o late register do Pot-Limit Omaha Knockout, Mesqueu pediu para o jogador se ele poderia engatar no torneio. O adversário prontamente aceitou. Vale lembrar que caso Mesqueu saísse da mesa, o jovem poderia seguir o jogo e roubando os blinds do carioca.

Finalistas do Heads-Up do BSOP Gramado
Finalistas do Heads-Up do BSOP Gramado

Mesqueu comentou o bonito gesto do oponente. “Eu estava jogando a decisão contra um garoto muito bom, Felipe. Eu fiquei com vergonha de pedir, mas fui sincero com ele e me respondeu, ‘vai lá, você está brigando por esse título, é legal ver esse empenho’. Me falou umas palavras bonitas, está muito de parabéns”.

O campeão encerrou analisando a dificuldade de jogar um torneio de Heads-Up. “É um evento que requer muita atenção. Você tem que estar muito focado, qualquer descuido pode ser fatal. Você não pode perder o foco, usar muito a vantagem em ficha para colocar o adversário em situação desconfortável, pois a partir daí, o jogo flui mais naturalmente. Como o torneio é bem deep, você precisa começar bem durinho, para esperar as melhores mãos e conseguir essa superioridade no stack para conduzir o jogo”.

Confira a classificação dos premiados do Heads-Up:

1º – Marcelo Mesqueu – R$ 13.560

2º – Felipe Ketzer – R$ 9.050

3º – Ricardo da Silva – R$ 4.850

3º – Vinícius Smaniotto – R$ 4.850

 Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.