COMPARTILHAR
Maurício Mosna
Maurício Mosna

O Brasil ficou muito perto de conquistar mais um título da Stadium Series nesta sexta-feira (31). Enfrentando o gigantesco field de 9.244 inscritos do Evento #27-Low (US$ 55 NL Hold’em Progressive KO) da Stadium Series, Maurício Mosna ficou com o vice-campeonato no torneio.

A performance na competição rendeu ao recreativo o prêmio de US$ 31.491,73, após um acordo no 3-handed. Quando firmaram o deal, o brasileiro compartilhou com seus adversários na reta final que era o maior resultado da carreira, antes a maior forra no poker online tinha sido de US$ 4 mil.

VEJA MAIS: Felipe Pfeifer sobe ao pódio no Evento #27-Medium da Stadium Series em FT com quatro brasileiros

Com o grande número de inscritos, o Evento #27-Low da Stadium Series do PokerStars superou a premiação garantida. Inicialmente, o torneio ia distribuir US$ 400 mil, mas com a invasão de jogadores, distribuiu mais de US$ 460 mil.

O jogador iniciou a mesa final com o quarto maior stack, mas com um grande começo, se tornou chip leader ainda com sete sobreviventes. Mantendo o bom momento, Maurício acumulou o dobro de fichas da segunda maior pilha ainda no 6-handed.

Curiosamente, a sua primeira vítima na mesa final foi só após abrir ampla vantagem para os demais concorrentes. Mas emplacou três baixas em sequência, chegando ao 3-handed com a metade das fichas em jogo.

VEJA MAIS: Fintan Hand acerta call contra Matthias Eibinger em reta final de craques na Stadium Series; opine

Após perder um all in pré-flop e os finalistas igualarem o stack, o torneio foi pausado para os jogadores discutirem um acordo. Deal feito, os competidores foram buscar o título e a disputa foi apertada. A reta final foi cheia de alternâncias, com os três se tornando em algum momento chip leader e short stack da reta final.

Depois de um longo embate, Maurício eliminou o britânico “wozzle9” na terceira colocação e iniciou o heads-up com ligeira vantagem para o norueguês “LCVW92”. Os finalistas se alternaram na liderança por um longo período, até que o jogador europeu conseguiu vencer um all in pré-flop e abriu esmagadora superioridade em fichas.

O brasileiro ainda tentou buscar uma reação, mas o adversário conseguiu controlar muito bem o confronto e confirmar a vitória. Com o título, o jogador levou US$ 31.353,78.

O Brasil ainda teve mais dois representantes na mesa final. Guilherme Carvalho ficou na quinta colocação, recebendo US$ 10.939,91, e Danilo Gomes, oitavo lugar e somou US$ 4.769,27 ao bankroll. Confira a mão final do torneio:

Abra sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.