COMPARTILHAR
Mike Gorodinsky US Open

O US Poker Open atraiu a nata do poker mundial para Las Vegas e a qualidade dos fields está altíssima. Mais uma prova disso é o último jogador que conseguiu uma cravada: Mike Gorodinsky. O veterano, considerado um dos mais completos do mundo, brilhou no evento de PL Omaha e escreveu o nome na nova série.

Com o buy-in de US$ 10.000, exatamente 64 jogadores se aventuraram em busca do título. A bolha estourou quando o 11o colocado foi eliminado. Pela cravada, Gorodinsky levou a bagatela de US$ 179.200, além do feito de ter sido o primeiro campeão dos mixed-games do US Open. Ele derrotou o compatriota Richard Kirsch no heads-up.

Um dos assuntos depois da cravada foi a runnada do campeão. O americano eliminou os cinco adversários da mesa final do torneio. “Você se sente muito bem quando tem uma montanha de fichas. Eu sinto que eu joguei bem, mas é difícil reclamar quando você consegue uma trinca em todas as mãos”, disse Gorodinsky.

Kirsch, por outro lado, enalteceu a vitória do adversário. “Mike jogou realmente muito bem. Ele runnou bem também, e isso, você sabe, é a combinação da vitória. Mas eu tiro meu chapéu para ele”. Além do próprio Kirsch, o campeão teve que derrotar outros grandes nomes na mesa final, como Rainer Kempe, Anthony Zinno e Kary Catz.

Com extrema vantagem em fichas, Gorodinsky deu limp com AT77 e pegou a aposte do pote feita por Kirsch. O flop mostrou T85 com duas de espadas. Kirsch foi all in das fichas restantes com AK64 e levou insta call. Ambos estavam flushdraw, mas Gorodinsky dominava o flush do adversário. Não precisou. Um 6 de ouros e um 9 de paus vieram no turn e no river e confirmaram o título.

Confira a premiação final:

Abra sua conta no 888poker clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.