COMPARTILHAR
Murilo Figueiredo - PokerStars Players Championship
Murilo Figueiredo - PokerStars Players Championship

É claro que a bolha do PokerStars Players Championship não foi uma bolha qualquer. Afinal, o evento é o maior torneio de buy-in US$ 25 mil da história e distribuirá mais de US$ 26 milhões. Isso pode explicar uma decisão tomada por Murilo Figueredo quando faltava apenas uma eliminação para o ITM.

Com cerca de 71.000 fichas no momento, o profissional de Penha (SC) estava short, mas ainda melhor do que muitos outros oponentes, todos se segurando para tentar garantir o ITM mínimo de US$ 25.450. Após o chip leader da mesa dar raise, Murilo passou vários minutos pensando enquanto o relógio do torneio seguia rolando, mas acabou largando a mão depois de o clock ser pedido.

VEJA MAIS: Kelvin Kerber ganha all in quádruplo no PokerStars Players Championship; confira

O que poderia ser apenas mais um fold na bolha foi na verdade uma situação curiosa. Na transmissão ao vivo no Instagram do SuperPoker, o brasileiro disse a Victor Marques que largou nada menos do que KK. “Não iria mudar muita coisa a minha situação no torneio e qualquer carta que ele tiver vai ter uns 30% de chance”, explicou.

Um ponto a se destacar é que o clock foi pedido pelo compatriota Kelvin Kerber, que estava na mesma mesa que Murilo e venceu um all in quádruplo pouco após o estouro da bolha. Questionado por Vitão, Murilo não se mostrou descontente com a atitude de Kelvin. “Isso não dá nada, mas querendo ou não eu tive que pensar.”

Outro fator que deve ser levado em consideração é que Murilo não deu o buy-in do torneio, conquistando seu Platinum Pass enquanto dormia, literalmente. Durante o BSOP Brasília, ele acabou vencendo um All in Shootout online no PokerStars, garantindo a passagem para as Bahamas e, agora, uma bela forra.

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.