COMPARTILHAR
Max Kruse
Max Kruse

Com mais de 10 anos de carreira no futebol, o atacante Max Kruse tem uma trajetória de relativo sucesso nos gramados, tendo passado por importantes times alemães e fazendo parte das seleções de base do seu país. No entanto, o desempenho não foi suficiente para que ele estivesse entre os convocados para a Copa do Mundo.

Para compensar, pelo menos o jogador do Werder Bremen pôde aproveitar as férias para participar de outra Copa do Mundo, a de poker. O desempenho neste ano, por enquanto, está tão ruim quanto o de seus compatriotas na Rússia. Entre as 109 entradas do Evento #44 (US$ 10.000 2-7 Triple Draw), ele foi eliminado na bolha.

VEJA MAIS: WSOP: em último nível trágico, Alexandre Mantovani e Yuri Martins caem quase em sequência no Evento #43

A queda na 18ª colocação veio pelas mãos de Calvin Anderson, americano que faz miséria no poker online sob o nick “cal42688”. Todas as fichas de Kruse foram para o meio pré-flop, e ambos os jogadores trocaram duas cartas nas duas primeiras trocas.

Na terceira, Anderson deu “stand pat”, ou seja, não trocou nenhuma, enquanto Kruse pediu por mais uma troca. O americano mostrou 76532 e Kruse ainda tinha chances, com 7432, mas acabou recebendo um 3 e foi o último eliminado sem premiação.

Apesar da frustração nesse evento, Kruse não viveu só tristezas em sua história na WSOP. O alemão soma US$ 120 mil em premiações ao vivo, segundo o HendonMob, já tendo chegado perto do bracelete duas vezes, nessa mesma modalidade, conquistando um terceiro e um quarto lugares.

A cobertura do SuperPoker na WSOP é patrocinada pelo Bodog e conta com o apoio do H2 Club e do BSOP. Clique aqui para abrir sua conta no Bodog.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.