COMPARTILHAR
Patrick Tardif e Henri Buehler
Patrick Tardif e Henri Buehler

O streamer canadense Patrick Tardif sofreu na mão do alemão Henri Buehler recentemente, em um duelo de streamers. Durante stream no seu canal do Twitch, “Egption” foi all in no river, mas viu o adversário demorar de propósito para dar call com um flush superior, o famoso slowroll.

Os blinds da competição estavam em 525/1.050, e o pote tinha 16.684 fichas no flop, que apresentava AQ7 com duas cartas de espadas. Tardif, do UTG segurando 98 de espadas, e Buehler, do MP, deram check. Um 4 também de espadas apareceu no turn, completando o flush para o canadense.

Clique aqui para conhecer o SuperPoker Team Pro

Com 65.257 fichas naquele momento, Tardif decidiu apostar pote. Buehler, que tinha 112.780, deu call. Um T de paus completou o board, e com um pouco menos que o pote, o canadense foi all in, colocando todas as 48.573 fichas em jogo.

Logo depois de apostar, o streamer já pensou no que poderia acontecer. “Essa é uma ótima posição para ele fazer slowroll”, disse Tardif, se referindo ao vilão. Buehler ainda aproveitou a situação para dar falinha. Antes de dar o call, mandou “Boa sorte” no chat, fazendo o oponente perceber o que estava acontecendo, “Não, cara. Você está de brincadeira”, falou Tardif.

VEJA MAIS: Ex-atacante do Arsenal revela prejuízo de mais de US$ 7 milhões no poker

Buehler demorou quase um minuto e deu call para revelar KJ de espadas para o nuts. Ele puxou o pote de 147.210 fichas, pouco mais de 140 big blinds, enquanto Tardif foi eliminado. Vale ressaltar que ambos são amigos, então a atitude foi mais uma brincadeira do que realmente uma maldade. Assista ao clipe:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.