COMPARTILHAR
Paulo Milani ganhador do Platinum Pass para o PSPC 2020
Paulo Milani ganhador do Platinum Pass para o PSPC 2020

Assim que o PokerStars anunciou o local para a próxima edição do PokerStars Players Championship, o conhecido PSPC, os jogadores começaram a buscar formas de se classificar para o evento que ganhou o título de maior torneio de US$ 25.000 da história. O Brasil começou a jornada até o evento de maneira muito positiva, já que Paulo Milani foi o primeiro competidor no mundo a conquistar dois Platinum Passes.

Após ganhar o primeiro Platinum Pass no All in ou Fold do BSOP Floripa do ano passado, o recreativo de Brasília conquistou o segundo pacote para disputar o PSPC online, no Mega Path do PokerStars. Quase dez dias depois do feito, o jogador parece não acreditar na conquista. “Eu vou ser sincero, a ficha ainda não caiu, vai demorar um tempo. Agora que eu vou ver a repercussão disso. Eu ganhei esse pacote jogando em uma viagem, ainda não voltei, não tive aquela repercussão das pessoas que me cercam”.

VEJA MAIS: [AO VIVO] – Mesa Final do Main Event do BSOP Gramado

Paulo continuou falando sobre ser o primeiro a conquistar os dois Platinum Passes no mundo. “Eu ainda não percebi a grandiosidade. Pelo número de jogadores já classificados, eu não sabia que havia sido o primeiro”.

Admirado com a grandiosidade do evento realizado nas Bahamas, Paulo revelou que ficou um pouco triste pelo fato da sala não divulgar uma segunda edição no início do ano. Quando o PokerStars anunciou, ele começou a fazer parte da multidão em busca do cobiçado pacote. “Comecei a correr atrás, encontrei esse Mega Path, uma forma muito acessível de ganhar. Não é fácil, mas que você precisa ser insistente e graças a Deus eu conquistei”, contou o jogador.

Paulo Milani ganhador do Platinum Pass para o PSPC 2020
Paulo Milani ganhador do Platinum Pass para o PSPC 2020

O Mega Path do PokerStars funciona da seguinte forma. São quatro steps, sendo que a primeira é optativa. Você pode utilizar o Stars Rewards para jogar o Spin & Go e conseguir um ticket de US$ 2 e chegar no Step 2.

No Step 2, são 27 jogadores que jogam um torneio 3-handed Shootout e apenas o campeão passa para o Step 3. Nesse, apenas os jogadores classificados da fase conseguem disputar e os 15 melhores avançam para a fase final. O Step 4, repetindo o que aconteceu na anterior, apenas os classificados conseguem ingressar e premiará o campeão com o Platinum Pass no valor de US$ 30.000, que inclui buy-in e hospedagem com acompanhante. A última fase acontece todos os domingos.

VEJA MAIS: Último dia do BSOP Gramado conhecerá seis campeões

Assim como em qualquer feito importante, Paulo não teve vida fácil até a conquista. “Eu não lembro exatamente de mãos, mas teve algumas situações que fui agraciado de estar com muito valor e encontrar mais de um adversário em all in e somar muitas fichas. Joguei muito concentrado e consciente. Acabei foldando mão que normalmente não foldo e fui seguindo passo a passo”.

Devido ao grande número de classificados no Step 4, o torneio premiou o campeão com o Platinum Pass e os demais jogadores da mesa final com o tíquete para a fase final na próxima semana. Com pelo menos mais uma chance assegurada, Paulo resolveu soltar o jogo. “Achei engraçado, porque quando cheguei entre os oito, eu relaxei, não senti aquela pressão de estar próximo do resultado. Pensei, já que estava lá, tinha que fazer o máximo para conquistar o pacote”.

Além de disputar um dos maiores torneios do ano em 2020, o brasiliense irá aproveitar a viagem para conhecer a Europa. “Além de Barcelona, eu quero conhecer a proximidade, não conheço nada por lá. A expectativa é das melhores, quero curtir muito cada momento, muito mais o evento, que com certeza terá uma diversificação ainda maior do field, e os jogadores que nós admiramos pela televisão”.

VEJA MAIS: Régis Kogler lidera mesa final do Main Event do BSOP Gramado

Paulo também apontou uma possível vantagem por continuar já ter a experiência da primeira edição do PSPC. “Creio que o ponto é continuar treinando, conhecendo e evoluindo no jogo. O que eu consegui, que acho que deve melhorar é conhecer a forma de jogar de uns competidores que não estamos habituados, pois o pessoal de outros países joga de forma diferente”, o jogador continuou falando, “Não sei se é uma vantagem, porque não sou um profissional, mas saio na frente porque eu sei tenho um evento em Barcelona e tenho mais tempo para me preparar”.

Paulo Milani - BSOP Gramado
Paulo Milani – BSOP Gramado

O jogador encerrou fazendo uma convocação para os jogadores tupiniquins. “Quero que no próximo ano, assim como aconteceu em Bahamas, ver o máximo de brasileiros possível. Porque muito jogador foi disputar o evento mesmo não tendo conquistado o Platinum Pass. Gostaria que encontrassem os caminhos e fossem também, pois foi muito bom ter tantos lá”.

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

    Você concorda com os termos de uso do SuperPoker, que utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e armazena os seus dados acima solicitados sem finalidade comercial apenas para comunicação direta com você e acesso aos serviços do SuperPoker. Você pode solicitar a remoção dos seus dados pessoais do SuperPoker a qualquer momento.