COMPARTILHAR
Pedro Padilha - BSOP Brasília
Pedro Padilha

A última vez que o maior circuito de poker do hemisfério sul desembarcou na capital federal foi em 2018, na oportunidade era a segunda etapa da temporada. O BSOP Brasília foi sucesso total, com diversas disputas distribuindo Platinum Pass, centenas de craques desembarcaram no evento.

Um dos jogadores que foi até Brasília foi o craque Pedro Padilha, que saiu da etapa com um dos pacotes para a disputa do PokerStars Players Championship, após vencer o Freeroll Diamonds. Disputando o High Roller, o craque foi um dos destaques, após acertar um difícil hero call.

VEJA MAIS: Satélite para o BSOP Brasília explode e cinco jogadores se classificam

A mão aconteceu nos blinds 600/1.200, Padilha abriu 2.500 do cutoff e viu Tiago Magalhães, campeão da primeira etapa da temporada, 3-betar para 7.500 no big blind. A ação retornou para o agressor inicial que optou pelo call.

As três primeiras cartas foram Q93, com duas cartas de espadas, após os dois jogadores darem check, um 6 de copas foi revelado no turn, abrindo o segundo flush draw. O big blind apostou 12.000 fichas e Padilha pagou.

Um T, a terceira de espadas, completou o board e Tiago colocou o adversário em all in, aplicando uma overbet. Com 59.900 fichas para trás, cerca de 50 big blind naquele momento do torneio, Padilha gastou todos os time banks, quando o tempo estava chegando ao fim ele optou pelo call.

No momento que pagou, o adversário já acusou o golpe e disse que o call era bom. O adversário mostrou AJ, com A-high e Padilha revelou J3s em copas, possuindo o menor par da mesa.

Mais tarde, Pedro Padilha gravou um “Tá na Mão” explicando os motivos que o levaram a dar o call. Confira:

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.