COMPARTILHAR
Pedro Padilha
Pedro Padilha

O momento não era bom para Pedro Padilha. Passando por uma downswing e não conseguindo imprimir o ritmo normal de grind, o profissional estava precisando de um motivo para celebrar e encontrou muitos no Evento #56-H do SCOOP ($1.050 NLHE Turbo Progressive KO).

O torneio recebeu 1.349 entradas, com vários dos maiores nomes do poker mundial buscando o título. Para se ter uma ideia do nível de dificuldade, nomes de peso como Elky Grosspelier, Joseph Cheong, Nick Maimone e Sami Kelopuro chegaram à reta final da disputa.

Campeão de um evento do SCOOP em 2012, Padilha não conseguiu o bicampeonato, mas terminou na segunda posição e levou US$ 117 mil, o maior prêmio de sua carreira. Com o resultado, ele ultrapassou a marca de US$ 3 milhões em premiações online.

Tendo começado no Akkari Team e hoje membro do 4bet Team, ele destacou a importância do time na sua conquista e falou sobre a vitória de João Fera, um de seus grandes amigos no poker, que forrou no mesmo dia. Ambos, aliás, protagonizaram um heads-up dos mais divertidos no Big Shot da sexta edição do MasterMinds, quando Padilha ficou com o vice. Confira a entrevista com o craque.

Pedro Padilha
Pedro Padilha

Esse foi seu maior prêmio online. O que ele significa para a sua carreira?

Significa demais, veio num momento em que eu estava precisando muito, não só financeiramente, mas estava atravessando uma downswing bem difícil e me dediquei demais nesses dias. Ver todo esse trabalho recompensado traz uma sensação de dever cumprido, não só por esse resultado mas por todos esses dias da série que foram muito bons pra mim.

Como foi a sua trajetória no torneio?

Foi bem tranquila, cresci bastante no começo e isso me possibilitou ficar correndo atrás dos bounties. Quando restavam uns 35 jogadores, eu perdi uma mão e fiquei bem short, mas logo consegui crescer de novo e daí para frente consegui dominar as ações e foi bem tranquilo.

Como você avalia o field do evento, já que era da versão High?

O field é duro, mas eu já jogo esses torneios há bastante tempo, então é tranquilo, apesar da dificuldade.

Apesar do resultado, você ficou decepcionado por não levar o título?

Claro, a gente sempre busca o título, para mim seria o segundo e não são muitas pessoas que têm 2 títulos de SCOOP. Mas é um grande resultado e não tem como sentir nada de ruim uma hora dessas.

Pedro Padilha
Pedro Padilha

No mesmo dia, seu amigo João Fera também forrou. Qual foi a emoção pela dobradinha?

Ah foi sensacional, o meu acabou mais cedo então fiquei torcendo por ele até a cravada. Ele é um irmão que eu tenho, então isso torna mais especial, com certeza.

Quais as suas metas para a carreira no momento?

Eu não consegui grindar muito esse ano, então ele praticamente começou pra mim no SCOOP. Agora vou sentar essa semana e programar o resto do ano, mas com certeza meu objetivo é grindar forte o resto do ano, principalmente os próximos 2 meses, que o field fica um pouco mais fácil. Quero ir para Barcelona no PSC e quem sabe mais algum torneio live.

Qual a importância do 4bet nessa conquista?
A importância é gigantesca. Passei por uma fase muito difícil no jogo e na vida desde o meio do ano passado e se não fosse o apoio, suporte e amizade deles, nada disso seria possível.