COMPARTILHAR
Phil Hellmuth - WPT LAPC

Mal começou a WSOP 2019 e Phil Hellmuth já está recebendo críticas por uma mão compartilhada nas redes sociais. Logo no primeiro torneio de bracelete, o Evento #2 ($10.000 Super Turbo Bounty), o “Poker Brat” fez uma jogada polêmica.

Com blinds em 300/600 e big blind ante de 600, Hellmuth estava no big blind com 77 e mais de 100 bbs. Ryan Riess tinha 33.100 fichas, mais de 50 bbs, e deu raise para 1.500 do UTG+2.

VEJA MAIS: Geraldo Cesar é campeão do US$ 215 Daily Cooldown do PokerStars

O small blind deu call, e a ação chegou em Hellmuth, que optou por estourar all in contra os dois oponentes. Riess, segurava QQ, foi o único a dar o call, e conseguiu dobrar suas fichas no board A55A6.

“Uma vantagem que tenho é uma ótima paciência, mas daí acabei fazendo isso”, disse Hellmuth sobre a mão. “Estava tentando mandar uma mensagem para Riess: não mexa com meu big blind, mas esqueci de ler o jogador”.

Não demorou para que muitos criticassem a decisão de Hellmuth, perguntando o sentido por trás de um all in de tantas fichas após um raise de 2.5x. Confira a ação abaixo e opine: o que você achou da jogada?

A cobertura do SuperPoker na WSOP 2019 é um oferecimento do Bodog e conta com apoio do H2 Club e do BSOP

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.