COMPARTILHAR
Phil Hellmuth - WSOP 2018
Phil Hellmuth - WSOP 2018

Phil Hellmuth sempre foi uma das figuras mais contraditórias do poker. Apesar do inegável talento, que lhe rendeu 15 braceletes da WSOP sendo o maior vencedor da história, o americano nunca fez questão de escapar de uma polêmica. Na última edição da série mundial, o “Poker Brat” foi personagem central de diversas confusões.

Quando o assunto é o nível técnico, Hellmuth sempre se colocou entre os melhores da história e não liga para as diversas críticas que já recebeu, principalmente dos craques da nova geração alemã e de Daniel Negreanu. O americano é um dos principais críticos do GTO (Game Theory Optimal) e fez questão de afirmar que seu jogo é superior.

O GTO é o conhecimento matemático que leva o jogador a tomar a melhor ação, independente das tendências dos movimentos dos seus oponentes. É uma tomada de decisão perto da situação perfeita ou perfeita, que faça com que nenhuma decisão do seu adversário possa resultar em algo lucrativo para ele.

VEJA MAIS: André Akkari abre o jogo sobre Neymar, haters, renovação com o PokerStars e futuro do poker

Em entrevista ao portal CardsChat, o americano foi além, desdenhou dessa forma de jogo e disse que ela está morrendo. “Eu não jogo GTO, jogo algo que vence o GTO. Esses caras estão sempre buscando o floating no flop sem nada e eu amo isso. Então, o que eu faço é martelar flop e turn, como se tivesse o nuts e geralmente eles desistem”, afirmou Hellmuth, que concluiu. “Essa forma de jogar está morrendo e os profissionais estão descartando essa estratégia”.

Questionado sobre as criticas que craques como Steffen Sontheimer e Fedor Holz fazem ao seu jogo, Hellmuth fez questão de falar que eles respeitam muito mais do que as pessoas pensam. “Conversei com muito desse jogadores mais jovens em particular e eles me dizem que sou um grande jogador, mas sentem que eu não lhes dou o crédito suficiente”.

Hellmuth pode não ser figura constante nos principais eventos high stakes, mas o título do Evento #71 da WSOP 2018 é mais um motivo para o americano acreditar que está certo. E você acha que o Poker Brat está com a razão nesta discussão?

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.