COMPARTILHAR
Brian Kaufman
Brian Kaufman

A maior notícia do poker brasileiro em 2017, sem dúvida, foi a grande jornada de André Akkari no PokerStars Championship Barcelona. O craque brasileiro atraiu os olhares de milhares de brasileiros que acordaram para assistir a ele. Se você foi um desses, deve lembrar: Akkari teve a companhia de um uruguaio na mesa final.

O jogador em questão se chama Brian Kaufman Esposito. Ele foi eliminado logo após a queda de Akkari, terminando o PSC Barcelona numa honrosa quarta colocação. Esse foi disparadamente o melhor resultado da carreira do uruguaio, onde conseguiu a bagatela de € 402.000.

“Foi tudo muito bom. Eu desfrutei muito daquele momento, sem dúvida foi um grande resultado. Não tenho palavras que expressam aquele momento”, disse, timidamente.

Quando o assunto foi ter jogado contra André Akkari, o uruguaio se soltou mais. Os representantes sul-americanos trocaram várias conversas durante a mesa final e semifinal. Uma delas, em alto e bom som, Akkari brincou com Brian após ele largar uma mão dizendo que no Uruguai ninguém larga A4 (em um flop completamente desconectado para tal).

Akkari, com as mãos para cima, e Brian sorridente na mesa final

“Foi muito bom, fiquei muito contente de jogar contra ele. Para mim, ele é uma grande referência no cenário do poker, por tudo o que realizou pelo poker brasileiro. Eu estava realmente contente de estar com ele. Nunca havia jogado contra, mas já havia conversado, até tinha falado pra ele que estava feliz com o que estava acontecendo com o poker no Brasil”, contou o uruguaio.

O PokerStars Championship Barcelona foi realmente especial para Kaufman. Antes mesmo do Main Event, ele havia conseguido uma excelente premiação no National Championship, torneio que costuma abrir as paradas do festival. Com buy-in de € 1.100, o uruguaio acabou na 8ª colocação, conquistando € 66.370.

“Faz três ou quatro anos que jogo, nos últimos dois anos que eu estou jogando profissionalmente”, falou. “Aqui no Uruguai todos querem o melhor para o outro. É parecido como o Brasil, onde a comunidade é tão unida. Tratamos sempre de estar melhorando continuamente e fazemos isso todos juntos”, falou Brian, sobre a ascensão meteórica.

Apesar de não obter nenhum grande resultado no PokerStars Festival jogando em casa, Brian sabe a receita para atingir voos ainda mais altos.

“Meu sonho é melhorar, melhorar e melhorar”.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.