COMPARTILHAR
Ramon Sfalsin - Campeão Hot Turbo - WSOP Brazil
Ramon Sfalsin - Campeão Hot Turbo - WSOP Brazil

O NLH Hot Turbo da WSOP Brazil, torneio com buy-in de R$ 800, stack inicial de 10.000 fichas e blinds de 15 minutos, tem uma das estruturas mais aceleradas de todo o evento. O campeão entre as 35 entradas do torneio foi Ramon Sfalsin, que usou a sua experiência com os torneios turbos do online para ficar com o título.

A cravada deixou Sfalsin mais confiante para o resto da reta. “Você fica mais tranquilo”, explicou. “É o primeiro evento que jogo da WSOP, porque nunca fui para Vegas, não tenho visto. No primeiro dia, peguei uma reta final, agora já passei no Brazilian Storm e no terceiro evento já cravei, é sensacional. Amanhã estamos lá no Storm para ver se chegamos na final também.”

Mesa final Hot Turbo - WSOP Brazil
Mesa final Hot Turbo – WSOP Brazil

O profissional contou como a vivência nos torneios online foi importante para a cravada.”Fez a difernça, porque consegui pilotar seis, cinco blinds depois que perdi AA contra AK. Facilitou muito porque vi que muitas pessoas não tinham a experiência de jogar short stack, então tendo essa experiência, usando ferramentas, ajudou bastante.”

No heads-up, Sfalsin precisou superar Brito Neto para ficar com o título. A decisão do torneio aconteceu em all in pré-flop, quando o 77 do campeão segurou contra o 44 do segundo colocado, que precisou se contentar com o prêmio de R$ 6.500. Após a vitória, Sfalsin contou que pretende aproveitar a extensa grade do evento. “Vou jogar o Main Event e a grade inteira. Não quero jogar o High Roller, a não ser que eu forre no Storm.”

1 – Ramon Sfalsin – R$ 10.000

2 – Brito Neto – R$ 6.500

3 – José Carlos Romão – R$ 3.300

4 – Frederic Petitjean – R$ 2.250

Conheça uma das maiores salas de poker online do mundo! Abra sua conta no partypoker.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.