COMPARTILHAR
Fichas - BSOP SP 1

Em 2015, o craque dos microfones Victor Marques, o “Vitão”, eternizou a celebre frase “um rei no river”, após Ciro Serrano acertar o último K do baralho e eliminar Ricardo Santana na oitava colocação do Main Event do BSOP Millions. Até hoje, o bordão é repetido quando a carta aparece no river e é crucial para mudar toda a situação.

Logo no primeiro dia do BSOP Brasília, a frase já foi lembrada em um all in pré-flop no 1-Day High Roller. Nos blinds 200/400, com big blind ante, Hebert Garcia deu raise para 1.200 em middle position e tomou call do cutoff e small blind.

VEJA MAIS: Flop do engate gera mão sem escape entre Saulo Sabioni e Brunno Botteon no BSOP Brasília

A ação chegou em Vitor Henrique, que 3-betou para 5.500 e viu o agressor inicial ir all in com cerca de 20.000 fichas. Após fold dos demais adversários, o big blind deu call com menos fichas.

No showdown, o maior stack mostrou AK contra KK. Logo nas três primeiras cartas o cenário adverso mudou, já que um A pareceu no flop, seguido por 2 e 8. Com isso, Vitor ficou dependendo do último K do baralho.

Um 9 no turn não mudou a situação, mas um K no river fez o short stack acertar uma trincar e dobrar o número de fichas. Herbert sobrou com menos de dez blinds e poucas mãos depois deixou o 1-Day High Roller.

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.