COMPARTILHAR
Shaun Deeb - EPT Barcelona

Um erro da WSOP na contagem dos pontos do Jogador do Ano é, obviamente, o assunto do momento no poker mundial. Para Daniel Negreanu, restou a decepção de dar adeus ao título mesmo após já ter comemorado. Robert Campbell, por outro lado, trocou o frustrante segundo lugar por uma conquista épica.

No entanto, talvez os dois profissionais não sentirão tanto a novidade quanto Shaun Deeb. Sem os pontos errados de Negreanu, o americano terminou a disputa na segunda colocação do ranking. Porém, não fosse o equívoco, a situação poderia ter sido bem diferente.

VEJA MAIS: Bomba! WSOP erra, e Daniel Negreanu perde título de Jogador do Ano para Robert Campbell

Deeb se classificou para o Dia Final do Colossus, último torneio em disputa, com o terceiro maior stack entre os 11 sobreviventes. Naquele momento, a conta era de que o americano tinha que chegar, pelo menos, na quinta colocação para terminar como Jogador do Ano.

Nada deu certo para Deeb no Dia Final, e ele foi eliminado na 11ª colocação do torneio, longe do objetivo. Entretanto, segundo a contagem correta, o americano precisava terminar apenas na nono lugar para superar Campbell e conquistar o ranking pelo segundo ano consecutivo.

Ou seja, ao invés de ainda precisar ganhar seis posições pelos pontos necessários, Deeb poderia, provavelmente, apenas ter foldado seu caminho até o topo do ranking. David Baker, o “ODB”, foi um a comentar o caso. “Não havia chance do Deeb ser eliminado em nono se só precisasse ser nono. Ele estava lá por um único motivo, Jogador do Ano acima de tudo, chegaria em nono 100% das vezes”.

Recreativo dos high stakes, Haralabos Voulgaris foi pelo mesmo caminho. “Tudo que Shaun Deeb precisava fazer era foldar até o Jogador do Ano, mas ninguém se importou em checar a matemática.” Cliff Josephy, o “JohnnyBax”, também comentou. “Parece que ele poderia ter ficado com o título se tivesse um conhecimento melhor da situação”.

Como um erro dessa magnitude aconteceu em um evento do tamanho da WSOP ainda não é claro. O fato, até o momento, é que Robert Campbell é o Jogador do Ano de 2019. Para Deeb, aparentemente, restarão apenas as lamentações.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.