COMPARTILHAR
Luiz Felipe Side
Luiz Felipe Side

O Side Club Itaim realizou nesta última quinta-feira (19) mais uma etapa do 15K Garantidos – ranking Kadu. O evento contou com buy-in de R$ 80 e stack inicial de quinze mil fichas. Os blinds subiam a cada vinte e cinco minutos e as recompras eram ilimitadas até o final do oitavo nível.

Assim que o período de inscrições e recompras se encerrou, a organização divulgou os números finais do evento. Foram 99 jogadores, 100 recompras e 51 add ons com o prize pool sendo originalmente dividido entre os nove melhores colocados com quatro mil e cem reais destinados ao campeão.

Quando o telão apontava dez jogadores, no entanto, um acordo foi feito para salvar o bolha. Daniel acabou eliminado na décima colocação por Luiz Felipe, que chegava à mesa final detentor do maior stack.

A primeira baixa da mesa final foi de Rita Schimidt, eliminada em all in pre flop de AT para AJ de Bandeira. Hugo Nagata ficou com a oitava colocação e em seguida tivemos as eliminações de dois jogadores que optaram não se identificar. A quinta colocação ficou nas mãos de Thiago Dalle, eliminado ao ter seu par de rei quebrado pelo AQ de Bandeira, que acertou um Ás logo no flop.

Em seguida, os quatro jogadores entraram em acordo e encerraram a disputa. A premiação foi dividida em partes iguais e as colocações definidas por chip count ficando Luiz Felipe com o título do 15K Garantidos valendo pontos para o ranking Kadu do Side Club Itaim.

A cobertura completa do torneio você visualiza clicando aqui

Confira abaixo a classificação final: (baseada nos valores originais)

1 – Luiz Felipe – R$ 4.100,00
2 – Bandeira – R$ 3.100,00
3 – Eliete Coutinho – R$ 2.100,00
4 – Mauricio – R$ 1.400,00
5 – Thiago Dalle – R$ 1.050,00
6 – Oponente – R$ 740,00
7 – Oponente – R$ 600,00
8 – Hugo Nagata – R$ 500,00
9 – Rita Schimidt – R$ 400,00

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.