COMPARTILHAR
Steve O'Dwyer - EPT Barcelona
Steve O'Dwyer - EPT Barcelona

Steve O’Dwyer acaba de ser o grande campeão do torneio mais caro da edição 2020 do SCOOP (Spring Championship Of Online Poker), o Super High Roller, competição com buy-in de US$ 25.000. Com a vitória, o americano faturou a bela forra de US$ 521.597,77.

Com o resultado, o dono do nick “Mr. Tim Caum” supera a marca de US$ 6 milhões em premiações nos feltros virtuais. Apesar do grande prêmio, não é o maior da carreira do jogador, que já faturou US$ 896.610 em um torneio em 2018.

VEJA MAIS: Yuri Martins e Murilo Figueredo sobem ao pódio do Evento #53-High do SCOOP

Nome muito conhecido e respeitado nos torneios ao vivo, O’Dwyer também possui um currículo vencedor nos feltros online. Além do título conquistado, o jogador possui uma vitória em outra série muito importante no PokerStars, o WCOOP (World Championship Of Online Poker).

Para chegar ao primeiro título do SCOOP na carreira, o americano não teve vida fácil e precisou superar grandes estreladas do poker mundial. Dificultando ainda mais a situação do jogador, que joga sob a bandeira da Irlanda, o profissional iniciou entre os menores stacks, mas no 7-handed venceu um all in triplo, em que quebrou nada menos que AA e KK.

O jogador ganhou confiança, mas chegou ao 3-handed em desvantagem para os demais concorrentes. Com uma estrutura muito deep, os finalistas tiveram diversos altos e baixos na reta final até Chun Lei “SamRostan” Zhou ser eliminado na terceira colocação.

VEJA MAIS: Steve O’Dwyer quebra AA e KK em all in triplo estrelado no Super High Roller do SCOOP; assista

O heads-up contra Andras “probirs” Nemeth iniciou com o húngaro tendo o dobro de fichas do adversário, mas com O’Dwyer tendo quase 50 blinds para trabalhar. Com um começo dominante, probirs chegou a somar um stack dez vezes maior que o adversário.

O americano não se abateu com o grande início do oponente, após acumular potes em sequência e dobrar o stack, conseguiu não só desfazer o cenário adverso, como assumir a liderança em fichas. Uma das mãos que praticamente selou a vitória a favor de O’Dwyer foi após o flop 754, os jogadores se envolveram em all in com Nemeth, tendo mais fichas no momento, possuindo 99 contra K6 do adversário. Um J no turn não mudou a situação, mas um K no river deu um gigantesco pote para o short stack.

Com a mão vencida, foi a vez de O’Dwyer possuir uma vantagem esmagadora sob o adversário. Diferente do vilão, o profissional conseguiu confirmar a vitória. Com o vice-campeonato, Nemeth recebeu US$ 403.096,26. Confira a mão final:

Confira a classificação da mesa final:

1º – Steve “Mr. Tim Caum” O’Dwyer (Estados Unidos) – US$ 521.597,77

2º – Andras “probirs” Nemeth (Hungria) – US$ 403.096,26

3º – Chun Lei “SamRostan” Zhou (Macau) – US$ 311.516,98

4º – João “Naza114” Vieira (Portugal) – US$ 240.743,65

5º – Talal “raidalot” Shakerchi (Reino Unido) – US$ 186.049,14

6º – Vyacheslav “VbV1990” Buldygin (Rússia) – US$ 143.780,89

7º – Ole “wizowizo” Schemion (Alemanha) – US$ 111.115,32

8º – Fedor “CrownUpGuy” Holz (Alemanha) – US$ 85.871,02

9º – Samuel “€urop€an” Vousden (Finlândia) – US$ 68.778,31

Abra sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.