COMPARTILHAR
Seleção Paulista

Ano após ano, cria-se muita expectativa para a convocação de cada estado para o Campeonato Brasileiro por Equipes. Uma das seleções que mais gera a atenção e a curiosidade do público é a Seleção Paulista. O mais populoso estado, com a maior base de jogadores de poker do país, tem muitos craques em potencial para serem convocados.

Apesar da grande qualidade dos profissionais (e até de recreativos), a Seleção Paulista de Poker ainda não correspondeu às expectativas que são criadas. Nas três primeiras edições, São Paulo sequer passou para a segunda fase. A melhor campanha veio no ano passado, quando quebrou esse jejum, mas terminou na modesta 11a colocação.

A grande novidade da Seleção Paulista para 2016 é a escolha de André Akkari como treinador. O presidente da Federação Paulista de Poker, João Marcelo Dornellas, apontou os motivos da escolha do novo treinador e também citou que ele tem brilho de campeão.

“Levamos em conta a busca de ter um time forte, que seja capaz de ganhar. São Paulo é um celeiro indiscutível de grandes jogadores e em quantidade. O nome do Akkari, sem dúvida, é uma figura no topo. Ninguém tem dúvida do entendimento, envergadura e capacidade técnica e grande conhecimento que ele tem. O segundo ponto é o alinhamento do Akkari com a Federação Paulista e com o poker nacional como um todo. Outro ponto é a liderança e o respeito que ele tem frente aos jogadores”

A convocação de Akkari não apresenta muitas mudanças em relação ao ano passado. Saíram Fernando Groww, Vivi Saliba e Patrick Peters e entraram para este ano os jogadores Will Arruda, antigo técnico, e Lauriê Tournier. Rafael Moraes, Luiz Duarte, Thiago Decano e Pedro Padilha foram convocados novamente.

Seleção Paulista 2
Seleção Paulista 

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.