COMPARTILHAR
Pilha de dinheiro - WSOP 2019

Um dos assuntos mais controversos do mundo do poker são os deals, ou os chamados acordos. Muitos defendem o ato, pois para os profissionais ajuda a reduzir a variância e dão mais estabilidade para a carreira, mas existem uma legião de pessoas que são contrárias, pois acreditam que tira a competitividade em busca da glória de ser campeão.

Mas um acordo no Evento #21 do WPT Maryland no Live! Casino & Hotel chamou a atenção da comunidade mundial. Com buy-in de US$ 360 e US$ 500 mil garantidos, o torneio atraiu o gigantesco field de 1.652 jogadores.

VEJA MAIS: Campeão do Main Event do EPT Barcelona segue sequência incrível de resultados

O elevado número de jogadores fez a competição premiar os 211 melhores colocados. O torneio seguia seu curso normal e quando restavam apenas duas mesas, o evento foi paralisado para uma discussão de acordo e ele foi aceito.

O resultado foi uma divisão igual do prêmio do campeão ao 16º lugar. Todos levaram US$ 18.386. O campeão foi Justin Arnwine.

Como é tradicional nos eventos realizados nos Estados Unidos, o Live! Casino & Hotel publicou o resultado final da competição. A postagem recebeu diversos comentários e, quase todos, se referindo com ironia ou abismados com o “incrível” deal feito. Confira:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.