COMPARTILHAR
Torneios, cash game ou sit and go: qual você escolhe?
Torneios, cash game ou sit and go: qual você escolhe?

Torneios, cash game ou sit and go, qual é o formato ideal para jogar poker online? Não há resposta pronta para essa pergunta, que depende dos gostos e condições de cada um, mas alguns aspectos devem ser levados em conta.

Quando alguém entra para o atletismo, precisa escolher se vai ser um corredor de maratona, de 100 metros rasos ou até mesmo um saltador em distância. No poker, em escala menor, é importante também que o jogador escolha um formato que gosta e se mantenha fiel a ele, focando o tempo disponível para estudo e prática em um só lugar.

VEJA MAIS: Pagamento milionário para Rafael Moraes entrou para o livro dos recordes; entenda

Por outro lado, os três formatos não são excludentes. Ter experiência no cash game é um grande diferencial em torneios com estrutura mais deep e ser regular de Sit and Go é uma ótima forma de práticas o jogo retas finais de forma mais frequente.

Torneios podem trazer grandes glórias, mas também decepções gigantes
Torneios podem trazer grandes glórias, mas também decepções gigantes

Entenda as diferenças entre sit and go, cash game e torneios (também chamados de multitable tournaments, ou MTT) para escolher o ideal para você.

Cash Game

O cash game é o formato em que as suas fichas na mesa têm valor monetário, representam dinheiro. Ou seja, o tanto de fichas que você ganhou ou perdeu representa o seu resultado na sessão. Até por isso, os blinds no cash game costumam ser representados com o cifrão (desde limites micros como $0,01/$0,02, até os high stakes com blinds em $2.000/$4.000, por exemplo).

VEJA MAIS: Saiba como um jogador cego virou streamer de poker

A principal vantagem do cash game é poder entrar e sair da mesa a hora que quiser, com o montante que possuir no momento. Por isso, é o formato mais indicado para quem não pode jogar por muitas horas seguidas.

No cash game, suas fichas são dinheiro
No cash game, suas fichas são dinheiro

Por outro lado, é considerado o tipo de jogo mais complexo entre os três. Isso porque os blinds não sobem e os stacks, em maioria, são grandes, de 100 ou mais big blinds, resultando em muito jogo pós-flop e raras situações de “all in ou fold” pré-flop.

Além disso, para conseguir ser lucrativo, o jogador precisa manter um desempenho bom de forma regular. Seu lucro vem de possuir uma taxa de vitória positiva e constante, porque um jogador de cash não está disputando por prêmios gigantescos de uma vez só, o que jogadores de torneios chamam de “big hit”.

Cash Games geraram momentos históricos no poker televisionado
Cash Games geraram momentos históricos no poker televisionado
Torneios (ou MTTs)

Os jogadores de torneios pagam um preço alto pela oportunidade de conseguir um rendimento generoso de uma vez só: a variância. Isso porque a estrutura de pagamento dos MTTs favorece bastante as primeiras posições.

VEJA MAIS: Faltando um minuto: André Marques revela jornada curiosa no Main Event do WCOOP

Assim, você pode acabar chegando em várias retas finais, mas se não conseguir atingir pelo menos alguns pódios dificilmente sairá no lucro. Ao mesmo tempo, uma só cravada em um torneio grande pode significar uma mudança de vida. A arma do jogador contra isso é jogar bastante, o famoso “colocar volume”, para buscar mitigar a variância.

Esfandiari campeão do Big One for One Drop
Antonio Esfandiari com o prêmio do Big One for One Drop

No entanto, importante atentar que para conseguir colocar um bom volume nos torneios, você precisa ter organização para montar uma grade que se encaixe em seus horários livres. Dependendo da estrutura, as disputas podem durar diversas horas, dias no caso de eventos ao vivo.

Os torneios possuem uma data e um horário de início definidos, todos pagam o mesmo valor (buy-in) e recebem o mesmo número de fichas. Diferentemente do cash, as fichas não têm correspondência monetária direta e o prêmio recebido depende apenas da sua posição final no torneio. Até por isso os blinds de torneios nunca levam o cifrão na frente. A partir de sua inscrição, você só sai do torneio quando tiver nenhuma ficha ou todas as fichas.

Torneios trazem a oportunidade de forrar alto, mas têm mais variância
Torneios trazem a oportunidade de forrar alto, mas têm mais variância
Sit and Go

Esse formato, que já viveu seus dias mais populares, é similar ao de torneios, mas sem um horário de início definido. Os sit and go começam assim que o número necessário de jogadores é atingido. Eles possuem fields com tamanhos variados, que vão desde de apenas 6 jogadores até múltiplas mesas. Modelos com 9, 18, 45 e 90 e 180 jogadores são comuns, por exemplo.

VEJA MAIS: Você já apostou R$ 1 milhão sem ver as cartas? E sete vezes seguidas?

Dessa forma, aqueles que preferem os sit and go não precisam se comprometer a muitas horas de jogo, e conseguem colocar volume mais facilmente. Como os fields, em geral, são menores do que nos MTTs, jogadores de sit and go, estão frequentemente em situações de bolha e mesas finais. Por isso, precisam estar com o ICM (Independent Chip Model) afiado.

Sit and go permite sessões mais curtas e muitas retas finais
Sit and go permite sessões mais curtas e muitas retas finais

Colocando em termos simples, o ICM é um modelo matemático que permite calcular quanto o seu stack “vale” em determinada fase do torneio, considerando a estrutura de premiação e a distribuição das fichas. Estar familiarizado com o ICM e como as diferenças de premiação alteram as decisões permite aos jogadores de Sit and Go maximizarem seus ganhos.

Nos últimos anos, se popularizaram também em diversas salas os “Spins”, um sit and go 3-handed no formato hyper-turbo no qual o prize pool é definido por um “multiplicador” sorteado no início da disputa. O formato traz a possibilidade de um ganho alto em pouco tempo, já tendo distribuído dois prêmios de US$ 1 milhão para brasileiros, mas são cheios de variância.

Agora é a sua vez de analisar qual dos formatos se encaixa melhor à sua rotina e aos seus objetivos no poker. Não esqueça que o principal objetivo é tentar se divertir nas mesas. Isso só é possível se você estiver arriscando um valor com o qual está confortável em perder.

Confira o último episódio do Pokercast:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.