COMPARTILHAR
Victor Teixeira - NPS Fortaleza
Victor Teixeira - NPS Fortaleza

Na última segunda-feira (27), Victor Teixeira conquistou o impressionante feito de alcançar pelo segundo ano consecutivo a mesa final do Main Event Medium do SCOOP. A participação do cearense chegou ao fim na sexta colocação, recebendo US$ 132.482,40. Somando os dois resultados, o profissional conquistou quase US$ 700 mil em prêmios.

Dois dias após o impressionante resultado, o jogador veio prestigiar o maior circuito de poker do Nordeste. Victor engatou no On Fire do NPS Fortaleza.

VEJA MAIS: Segundo dia do NPS Fortaleza terá decisão do On Fire e início do Main Event e High Roller

Em um dos breaks, o jogador conversou com o SuperPoker e fez diversas revelações. Entre elas, que não utiliza nenhum software de apoio no grind e nem para estudo. Além disso, o cearense também falou que apesar do grande resultado, não irá para Las Vegas disputar a WSOP. Confira:

Já caiu a ficha do feito que alcançou?

Eu sempre me achei muito bom em eventos principais, mas principalmente no live, em eventos menores, não em um evento de US$ 1.000 online. Sei jogar contra jogadores mais recreativos, sei me defender contra regulares que são melhores que eu, então foi bem tranquilo. No primeiro dia, passei bem grande, precisei dar reentrada, mas me mantive muito bem, mas depois deu tudo certo. Como passou mais afunilado e eu muito bem, todo mundo criou aquela expectativa, por causa do ano passado. Foi bom, uma sensação boa, de ter alcançado mesa final em dois Main Events seguidos.

Victor Teixeira - NPS Fortaleza
Victor Teixeira – NPS Fortaleza

Como foi a dinâmica da mesa final?

Foi difícil. Talvez eu não tenha jogado muito bem a mesa final, fiquei muito card dead. O chip leader estava na minha esquerda e apertando muito, foldei mãos que eu nunca foldei na vida. Depois, fui ver o replay e vi que errei em uma mão que valia muito dinheiro, mas foi bom. Runnei bem, depois runnei mal, fiquei nessa alternância. Mas ao mesmo tempo, estava jogando outra mesa final, de um turbo, deu pra dar uma compensada.

VEJA MAIS: Pedro Rodrigues avança entre os líderes para o Dia Final do On Fire do NPS Fortaleza

O cansaço acabou pesando?

Muito! Eu exagerei muito. Foram quinze dias e eu só folguei um, registrando uma da tarde até às duas da manhã, quase todos os dias. No domingo, no primeiro dia do Main Event, eu venci um torneio de US$ 109, que foi até às 5h. Foi difícil, eu já não ia conseguir dormir por causa da adrenalina de acumular a cravada e o Dia 2 do Main Event. Até agora, estou acabado, não consegui recuperar direito.

Com mais este grande resultado na carreira, quais são os próximos passos na carreira?

Eu sempre dou uma focada no online, dou uma impregnada e volto pro live. Agora, vou jogar o NPS, o BSOP São Paulo, um evento em Florianópolis, mas não vou pra WSOP. Já tinha decidido isso antes, mesmo se tivesse ganho, não iria.

Victor Teixeira - NPS Fortaleza
Victor Teixeira – NPS Fortaleza

Porque não ir para a WSOP?

Pra ser sincero, no ano passado eu não gostei. Foram 45 dias, estou com problema de hérnia na lombar e essas viagens de avião acabam comigo. Também não fui atrás de vender cota, correr atrás de investidor, porque eu acho isso importante, mesmo tendo ganhado um grande prêmio, não é algo que vale a pena colocar dinheiro 100%, pois o imposto é muito alto, são 30% em cima de cada torneio, é muito difícil de sair ganhando.

VEJA MAIS: Brasil Poker Live distribui quase R$ 1 milhão e tem forra brasileira no BPL Series Gran Million

Como é a sua rotina diária de estudos?

Eu nunca joguei para time, sempre por conta, mas eu assisto muito os eventos live, tenho muitas horas assistida de poker, muitas mesmo, mas nunca abri um HUD, nenhum solver na minha vida. Se alguém me dizer que sou 25/10 eu não sei o que significa. Eu acho até burrice minha, porque sou preguiçoso de não ir atrás e tomara que acabe mesmo, como estão falando que vai acontecer. Ruim pra mim não vai ser, pois estudo mais assistindo e aperfeiçoando o meu jogo. Essas mesas finais de SCOOP pagando muito dinheiro, durante a própria série, eu já assisti mais da metade dos vídeos e vou terminar em breve.

Victor Teixeira - NPS Fortaleza
Victor Teixeira – NPS Fortaleza

Teve uma preparação técnica pré SCOOP?

Eu estava meio parado, preguiçoso no poker. Um mês e meio antes do SCOOP eu comecei a jogar de novo. No início foi um ferro gigante, quase US$ 50 mil, mas faltando uns cinco dias recuperei 80%. Entrei na série tranquilo, pois já tinha baixado os buy-ins, triste porque não ia conseguir jogar os eventos mais caros, mas conseguir recuperar bem próximo do começo foi muito bom, entrei bem tranquilo. Até a reta final da série, estava empatado, mas no final acabou dando bom.

E preparação física?

Específica não. Todo dia eu tenho o costume de ir para a academia, vou para o pilates por causa das minhas costas, mas meditação e yoga, essas coisas que os outros jogadores costumam fazer, não faço não.

Brasil Poker Live é o braço brasileiro da rede Aconcagua Poker. Abra sua conta clicando aqui

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.