COMPARTILHAR

O patrocinador oficial da WSOP 2016 também é o patrocinador oficial da cobertura do Superpoker no maior evento de poker do mundo. Acesse o site, abra sua conta e ganhe o bônus de boas vindas.

Volta e meia o poker gera histórias que são até difíceis de acreditar, ainda mais quando acontecem no segundo maior torneio de poker ao vivo da história.

O americano Ben Keeline é um jogador de poker que passava por uma fase financeira muito complicada. Com as contas acumulando e sem dinheiro, ele deu uma pausa na carreira e começou a trabalhar como motorista de Uber em Boulder, Colorado. 

O trabalho rendeu dinheiro suficiente para pagar as contas e ele tinha o suficiente para dar duas entradas no Colossus II da WSOP 2016. A primeira bala rapidamente foi perdida e, após o segundo buy-in, o jogador chegou incrivelmente perto de dar adeus a Las Vegas e voltar para seu trabalho de motorista. 

Após perder um cooler de KK contra AA, Keeline ficou com apenas uma ficha de 500, com os blinds em 1.500/3.000 e antes de 500. Isso mesmo, ele se viu com apenas um ante, já vislumbrando um novo fracasso. No entanto, mais uma vez a célebre frase de Jack Straus, "uma ficha e uma cadeira", entrou em jogo.

Dias depois, Keeline conseguiu conquistar todas as fichas do torneio e se sagrou o campeão, levando US$1 milhão e protagonizando o que já é uma das histórias mais impressionantes da WSOP. 

"Eu passei por tempos difíceis ultimamente", contou o emocionado campeão. "Eu estou maravilhado. Não consigo nem pensar no que isso significa, não só o dinheiro, mas o bracelete dourado. Isso é algo que eu não imaginava que aconteceria alguns dias atrás. Vai levar algum tempo para a ficha cair".

Para levar a maior fatia do prize pool de US$10.806.500, ele precisou superar 21.613 entradas. O heads-up foi contra o checo Jiri Horak, que embolsou US$618.000 pelo segundo lugar, nada mal para um buy-in de apenas US$565. 

Na mão decisiva, all in pré-flop e Keeline estava na frente com JJ contra A9 de Horak. O flop trouxe um 9, dando ainda mais outs para o runner up, e o river até trouxe um A, mas completou quatro cartas de espadas na mesa, formando um flush para o campeão.

Para quem pensa que histórias como essa só acontecem em filmes, a WSOP 2016 mostra em sua primeira semana que a realidade do poker também é digna de Hollywood. 

1 – Benjamin Keeline (EUA) – US$1.000.000
2 – Jiri Horak (República Checa) – US$618.000
3 – Farhad Davoudzadeh (EUA) – US$462.749
4 – Richard Carr (EUA) – US$348.462
5 – Marek Ohnisko (República Checa) – US$263.962
6 – Christopher Renaudette (EUA) – US$201.151
7 – Alex Benjamen (EUA) – US$154.208
8 – Jonathan Borenstein (EUA) – US$119.937
9 – Xiu Deng (EUA) – US$92.291

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.