COMPARTILHAR
Fichas - WSOP

A WSOP parece estar disposta a ouvir reclamações do jogadores sobre a grade de torneios para a edição 2019. Hoje (9), a série anunciou uma alteração no Evento #81 ($1.500 NLH Bracelet Winners Only) após um tweet do jogador Dutch Boyd.

O torneio em questão é uma novidade na grade da Copa do Mundo do Poker, tendo entrada restrita apenas para quem já foi campeão na série. Com três braceletes na carreira, Boyd está entre os que podem jogar o torneio, mas reclamou da falta de atrativos.

VEJA MAIS: Daniel Negreanu revela mudança para buscar prêmio de Jogador do Ano na WSOP 2019

“Estou olhando para o calendário da WSOP e tentando entender como o evento ‘Bracelete Winners Only’, um $1.500 NL com o rake padrão, $0 adicionados, field complicado e um mini prize pool irá empolgar alguém que tem direito a jogar. Existe algo que não entendi?”

Dutch Boyd
Dutch Boyd

A postagem recebeu dezenas de respostas e curtidas, mas a WSOP rapidamente se mexeu para amenizar as críticas. Em resposta ao jogador, a organização escreveu. “Você tem razão, Dutch. Não há desculpas. Nós erramos. Tirar o rake parece bom? Ok, nós faremos a mudança para este evento. Obrigado por nos atentar a isso e nós vemos lá”.

A estrutura oficial do torneio já foi alterada para uma estrutura sem rake. Ou seja, o valor integral de cada buy-in de US$ 1.500 será acumulado no prize pool. A notícia é boa para Alexandre Gomes, André Akkari, Thiago Decano e Roberly Felício, os quatro brasileiros que podem jogar o torneio. O evento terá início em 10 de julho e contará com quatro dias de duração.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.