COMPARTILHAR
Fichas - WSOP

A WSOP pegou os grandes nomes do poker de surpresa nesta terça-feira (11). Em uma medida raramente vista no circuito, a organização acrescentou um novo torneio à programação inicial, o Final Fifty.

O Evento #90 é de No Limit Hold’em, com buy-in de US$ 50 mil, reentradas ilimitadas e action clock. O torneio terá início no dia 8 de julho, última semana da série, e está programado para três dias de duração. A estrutura traz stack inicial de 300.000 fichas e blinds de 40 minutos.

VEJA MAIS: Murilo Figueredo é eliminado no Evento #23 em mais uma reta final na WSOP

A cobertura do SuperPoker na WSOP 2019 é um oferecimento do Bodog e conta com apoio do H2 Club e do BSOP.

A adição é mais estranha ainda considerando que um torneio de NLH com esse buy-in já foi realizado, o Evento #5. O campeão foi o inglês Ben Heath, que levou US$ 1.484.085. No entanto, o Evento #90 deve ser ainda maior, já que o primeiro tinha apenas uma reentrada permitida por jogador.

A surpresa gerou alguns debates no mundo do poker, principalmente sobre times fantasy e apostas de braceletes. David Baker, que fez diversas apostas paralelas sobre as joias, criou uma enquete sobre o novo evento.

Com mais de 430 votos até a publicação desta matéria, 73% dos votantes opinaram que o torneio não deveria contar. Negreanu, que organiza o fantasy de US$ 25 mil, decidiu apontar três juízes neutros. Isaac Haxton, Phil Galfond e Jason Somerville decidirão se o evento contará pontos na competição.

E você, o que pensa?

A cobertura do SuperPoker na WSOP 2019 é um oferecimento do Bodog e conta com apoio do H2 Club e do BSOP.