COMPARTILHAR
Felipe Lombardi fará parte de projeto beneficente do PokerBros
Felipe Lombardi fará parte de projeto beneficente do PokerBros

Felipe Lombardi é um emprendedor de sucesso, amigo incondicional de seus amigos, alto astral, apaixonado por seus pets – e também um ótimo jogador de poker. Sua relação com o esporte é classificada como “recreativa”” apenas por ele não ter uma maior disponibilidade para se dedicar em tempo integral.

Entre seus últimos resultados, ele ganhou um HU memorável contra Paulo Gini com desvantagem de 4 para 1 em fichas e, com isso, conquistou um Platinum Pass para viajar às Bahamas e disputar o maior torneio da história do PokerStars. Lombardi falou sobre seu novo projeto beneficente que está realizando em parceria com o PokerBROS:

VEJA MAIS: Que cartas Teddy KGB segurava em “Rounders”? Daniel Negreanu analisa

Felipe, este ano você está mais envolvido com causas sociais, conte-nos como começou esse projeto.
Não é de hoje que faço trabalhos sociais, mas esse ano começou a virar parte do meu dia-a-dia. Entrei de cabeça por conta da real situação que estamos vivendo. Devido à pandemia, muitas ONGs acabaram reduzindo seus projetos e outras até pararam com as ações. Se está difícil para nós, imagina para eles…

O que está achando da experiência? O que você tem aprendido com isso?
É uma experiência incrível, ao mesmo tempo que é triste quando vemos a quantidade de pessoas em situações bem difíceis. Você aprende muita coisa, a começar pelo desapego de algumas coisas que você nem usa por questões materiais e assim vai. Querendo ou não você vai mudando… O melhor de tudo é que, no final, quem está ajudando alguém são eles… Voltamos sempre para casa com muitas perguntas. Uma delas é “onde eles encontram motivo para sorrir?”. Onde?

Por que topou participar do Charity Project da PokerBROS?
Aceitei participar porque o poker é um esporte que eu gosto muito e que faz tempo que não jogo. Pude chamar meus amigos e o mais legal é que em cada etapa o vencedor destina 6 mil reais para alguma instituição. Bora jogar… Mas também ajudar!

VEJA MAIS: Royal Flush ativa jackpot de US$ 1,3 milhão em cassino de Las Vegas

Como vai funcionar a dinâmica do projeto?
Basicamente é um home game virtual entre amigos, uma forma de se conectar – apesar da pandemia – com muita risada, muito desafio, muita rivalidade (saudável) toda semana durante seis semanas, com todos os ingredientes de um torneio de poker (premiações, troféus, brindes etc.). Cada um dos participantes escolhe uma instituição beneficente para representar e a cada semana entregaremos uma doação de 6 mil reais para uma delas. Tudo isso será transmitido ao vivo nas redes sociais do PokerBROS a partir da próxima terça-feira (8/6) às 21h.

Que critério você usou para escolher seus brothers?
Escolhi meus amigos que amam poker tanto quanto eu. E juntamos uma turma legal para essa resenha boa.

VEJA MAIS: Ethan Yau acerta quadra e forra em cooler de 400 big blinds; assista

Vai ser só uma edição isolada ou vêm mais no futuro?
Em princípio é uma só, mas se for com o propósito de ajudar, no final das contas, é possível que venham outras no futuro!

Seu clube no PokerBROS vai estar aberto também para o público geral ou apenas para os projetos sociais?
Não sabemos ainda, inicialmente só serão aceitos os integrantes do projeto, mas há a ideia de fazermos torneios abertos, nos quais parte do pote seja destinada para alguma instituição.

Ainda não conhece o PokerBROS? Então clique aqui para saber mais e buscar a forra!

Confira o último episódio do Pokercast:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

    Você concorda com os termos de uso do SuperPoker, que utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e armazena os seus dados acima solicitados sem finalidade comercial apenas para comunicação direta com você e acesso aos serviços do SuperPoker. Você pode solicitar a remoção dos seus dados pessoais do SuperPoker a qualquer momento.