COMPARTILHAR
"A vida é feita de escolhas, eu escolhi o poker", por Luana Stakykoski
Por Luana Stadykoski

Sabem aquela velha história, larguei o trabalho ou faculdade para jogar poker? Foi exatamente isso que fiz, os meus pais é que não gostaram muito (risos). Porém não me arrependo nenhum um pouco, melhor escolha que fiz na minha vida.

Até então, ano 2017, fazia graduação em engenharia civil, curso que sempre sonhei em fazer. No entanto alguns anos se passaram e eu percebi que aquilo já não era o que eu queria, não era pra mim.

VEJA MAIS: “Minha história com mind games”, por Larissa Moretti

Além de ser bastante competitiva, pois sempre gostei muito de esportes, um deles handebol, jogos de tabuleiro, xadrez em específico. São jogos estratégicos, que exigem disciplina, pois de alguma maneira fazem analogia ao poker e com isso me identifiquei muito.

Meu primeiro contato com o poker foi quando simplesmente eu liguei a tv, e estava passando o Poker Night. Fiquei bastante intrigada ouvindo os comentários sobre as mãos, de como eles identificavam as mãos de cada jogador, os ranges de acordo com a action, raise, 3bet relacionando com as posições.

VEJA MAIS: Samba Poker Team: “Como o poker mudou a minha vida”, por Tiago Dobgenski

Logo comecei a estudar o poker, ganhar um pouco de dinheiro e a viajar para jogar live. Em 2017 cravei o CPT (Curitba Poker Tour – torneio da antiga Liga Curitibana atual H2 Club Curitiba), passei com 8 bbs para o dDa 2 e ganhei aproximadamente vinte mil reais. A partir daí, as coisas começaram a mudar.

Em seguida, entrei pra um time online de poker de Curitiba, foi quando eu tomei a decisão de largar a faculdade, pois o poker estava ocupando muito espaço e se tornou a minha prioridade. E em 2019 entrei para o Samba, ano que decidi em dar o meu máximo, focar no que realmente quero e almejo e certamente fiz a escolha certa, estou evoluindo muito lá, o networking faz uma diferença gigante, respirando poker o tempo todo, jogando os torneios que sempre sonhei em jogar. Tanto que agora, em 2020, se não o melhor ano do poker online, está sendo também o meu melhor ano na minha carreira profissional.

VEJA MAIS: Samba Poker Team: “Séries e COVID – Rotina, insights e reflexões”, por Daniel Melo

Sou grata por todos os amigos que fiz e faço durante a caminhada, por todas as pessoas que me ensinam todos os dias, e por tudo que a família Samba me proporciona. Eu amo o que eu faço e definitivamente o poker me faz ser uma pessoa melhor a cada dia.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

    Você concorda com os termos de uso do SuperPoker, que utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e armazena os seus dados acima solicitados sem finalidade comercial apenas para comunicação direta com você e acesso aos serviços do SuperPoker. Você pode solicitar a remoção dos seus dados pessoais do SuperPoker a qualquer momento.