COMPARTILHAR
Luiz Duarte explicou um complicado fold de AA
Luiz Duarte explicou um complicado fold de AA

No último dia de SCOOP (Spring Championship Of Online Poker), Luiz Duarte conseguiu uma grande performance no torneio mais caro da terça-feira (28), o Evento #100-High, com a entrada custando US$ 5.200. O jogador ficou com a quarta colocação e recebeu US$ 84.781,70.

VEJA MAIS: Russo vence Spin & Go de US$ 10 e fatura US$ 1 milhão no PokerStars

Entretanto, a jornada do profissional poderia ter sido encurtada, se o craque não tivesse encontrado um fold com AA contra Jake Schindler. Naquele momento, o americano era o chip leader do torneio e, mais tarde, confirmou o título. No momento da mão, a disputa ainda contava com sete jogadores e o brasileiro possuía o segundo maior stack da decisão.

Os blinds estavam em 25.000/50.000 e antes de 6.000, Luiz deu miniraise do UTG com AA e recebeu call apenas de Schindler, que estava no button. O flop foi TT8 rainbow, o brasileiro optou por não c-betar, mas viu o vilão apostar 158.500 e pagou.

VEJA MAIS: Ronaldo milagroso, cenário quebrado e toma lá, dá cá: o clipe insano de “Nelepo10”

O turn foi um 7, sendo a segunda carta de copas, e a ação se repetiu, mas agora o vilão colocou 395.000 fichas no centro da mesa. O river foi um 3, sem completar o flush draw. Novamente, o brasileiro escolheu não apostar e o vilão betou 600.000 em um pote com pouco mais de 1.400.000.

Luiz gastou cerca de 20 segundos do seu time bank e acabou largando o AA. No replay com as cartas reveladas, ficou constatada que a ação foi boa, já que o americano segurava KTs, com uma trinca.

Luiz Duarte explicou detalhadamente o seu pensamento na ação. Confira:

O chip leader em uma mesa final ele tem que ser agressivo, porém, o Jake Schindler estava acima da média, 3-betando muito, apostando bastante, o que deixa o fold mais difícil. Eu estando no UTG e ele no button, eu vou estar abrindo um range bem restrito.

Luiz Duarte acertou um difícil fold
Luiz Duarte acertou um difícil fold

Minha primeira ponderação é ‘ele vai value betar uma mão pior de valor?’, pois com a imagem dele de ultra agressivo, ele sabe que vai tomar call mais light, porém, no começo do torneio eu dei um 4-bet/fold nele. Então, ele sabe que sou capaz de 4-betar light. Se ele tivesse QQ, que poderia ser uma das possíveis mãos, ele ia pro 3-bet pré-flop e acaba sobrando um JJ, mas não sei se ele toma call de mão pior, pois ele tem que se preocupar com o range que eu chego nesse river, porque eu vou ter bastante overpair e até possíveis T, onde estou jogando por trap.

VEJA MAIS: Jon Van Fleet leva Gontijo à loucura com presente e exalta brasileiros

Nesta situação, com dois adversários com 10 blinds e o chip leader, super agressivo no button, meu range é bem restrito abrindo do UTG. Avaliando tudo, eu cheguei à conclusão que ele não vai value betar pior e como boa parte do meu range são os overpair que chegam no river, eu acho que ele não espera que essas mãos larguem para um size de 40%. Talvez, se ele faz um size maior, eu inclinaria mais à pagar, mas com esse tamanho de aposta e mesmo minhas odds sejam melhores, acho que demonstra mais força.

Eu o coloco no range Txs, J9s, 77 e 88, que jogam assim. Existe bastante de combinação de mão que estou perdendo, mas é uma decisão difícil por esses fatores que já apontei, ele também poderia estar over blefando e também extrair, por esperar que vai tomar bastante hero call. Com tudo isso, cheguei a conclusão que esse é um size que seria under blefado e não teria mão de valor pior, por isso foldei.  

Qual o motivo para não c-betar em um flop rainbow?

São dois motivos. No geral, quando estou jogando uma mesa final em que tem essa pressão do ICM com short stack e eu com mais fichas e enfrentando outro adversário nesse mesmo cenário, temos que jogar de forma mais passiva, pois temos o incentivo de jogar potes menores. Além disso, é um board em que ele tem vantagem de range, eu tenho alguns T, mas ele terá mais combos. 

Outro ponto é que com o board dobrado, eu preciso de pouquíssima proteção para meu AA, isso é mais motivo para eu querer controlar o pote. Penso que as mãos que eu acabo extraindo valor, são aquelas que acabam betando pra mim.

Abra sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

Confira o último episódio do Pokercast:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

    Você concorda com os termos de uso do SuperPoker, que utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e armazena os seus dados acima solicitados sem finalidade comercial apenas para comunicação direta com você e acesso aos serviços do SuperPoker. Você pode solicitar a remoção dos seus dados pessoais do SuperPoker a qualquer momento.