COMPARTILHAR
Daniel Negreanu
Daniel Negreanu

Uma das maiores virtudes de Daniel Negreanu são as leituras precisas dos adversários. O canadense usa e abusa do falatório para tirar o maior número de informações que o rival pode dar. Já teve ocasião que o craque sabia que tinha uma mão pior, acertou a leitura e fez o outro jogador largar. Na reta final da WSOP 2015, ele acertou mais uma.

Em uma mão contra o futuro campeão Joe McKeehen, Negreanu foi preciso na leitura e foldou AK. Nos blinds 100.000 / 200.000, a ação teve 3-bet de McKeehen com AA contra o jogador Matt Guan. Quando chegou no canadense, ele 4-betou para 2.600. Guan foldou e McKeehen shovou 9.800.000, quase o mesmo stack de Negreanu.

O canadense foldou o AK. Pela situação e os valores, esse não foi um dos folds mais complicados da carreira do canadense. Um dos motivos que certamente o colocou pra pensar é que McKeehen é um jogador extremamente agressivo e isso poderia influenciar. O curioso é que, antes da mão, os dois tiveram uma “resenha” sobre uma situação do jogo.

O grande destaque é que Negreanu foi perfeito na leitura e ainda deu uma provocada em Phil Hellmuth, que nem estava lá pra se defender. Convicto que fez um bom fold, ainda disse para a mesa toda ouvir que largou AK. Relembre essa jogada: