COMPARTILHAR
Brunno Botteon julgou a mão como a crucial no heads-up
Brunno Botteon julgou a mão como a crucial no heads-up

Brunno Botteon é um dos principais destaques do poker brasileiro nesta WSOP Online. No próximo domingo (6), o jogador terá mais uma importante decisão pela frente, já que está entre os quatro classificados para o Dia Final do US$ 25.000 Heads-Up. O torneio pagará mais de US$ 1 milhão para o grande campeão, além do cobiçado bracelete.

VEJA MAIS: Samuel Vousden dá “zagueirada” em blind war e elimina Felipe Mojave; opine

O jogador do Espírito Santo já esteve muito próximo de alcançar a almejada pulseira dourada, mas foi parado no heads-up do Evento #67 contra o austríaco Gregor Muller. A mão que o profissional classificou como crucial, foi um fold de K-high, no qual depois o jogador viu que estava sendo blefado.

Relembre como foi jogada a mão de Brunno Botteon no heads-up do Evento #67 da WSOP Online:

Nos blinds 125.000/250.000, o brasileiro deu mini raise com K2 e foi pago pelo adversário. O flop 395, rainbow, os finalistas foram de check e um 5 apareceu no turn.

O austríaco apostou 500.000 fichas e foi pago pelo brasileiro. Outro 5 completou o board e o vilão colocou mais 500.000 no centro da mesa.

VEJA MAIS: Brunno Botteon flopa quadra para eliminar Daniel Negreanu na WSOP Online

Botteon pensou por um longo período, durante esse momento ele até escreveu para o adversário. “Meu coração diz que você tem jogo, mas meu cérebro diz que tenho que pagar”, ele ainda complementou. “Eu não sei se eu devo seguir meu coração ou meu cérebro”. Instantes depois, o jogador largou e no delay viu que o adversário estava blefando com 76.

Atendendo o pedido do SuperPoker, Brunno Botteon explicou o passo a passo do que pensou na jogada. Confira:

Essa é uma mão que eu quero jogar mais de raise do que de limp, porque eu não tenho uma jogabilidade muito boa. Me beneficio mais em conseguir um fold, forçando um fold pré-flop.

Brunno Botteon - BSOP Winter Millions
Brunno Botteon já esteve presente em duas mesas finais nesta edição da WSOP Online.

Como é Limit Hold’em e eu só posso betar um blind, que representa um quarto do pote. Eu posso c-betar, mas não acho que ele vai foldar muitas overcards, vou estar crescendo o pote atoa e tenho certo valor de showdown com o K-high. Também só tenho um backdoor de sequência, por isso optei pelo check, mas betar pode ser uma opção, tenho dúvidas nisso.

Eu pago a aposta de dois blinds dele no turn porque ele pode estar tentando explorar muito o meu check flop, não vou ficar foldando A ou K-high no turn assim. Creio que ele fez isso também pelo fato que em outras mãos eu dei check flop, ele betou turn e eu foldei, achei que poderia estar tentando isso de novo.

VEJA MAIS: Henrique Coutinho é eliminado na reta final do Evento #81 da WSOP Online

No river, ele aposta mais dois blinds em um pote com oito blinds. Essa mão é engraçada, porque ele insta beta river. É uma coisa que eu não costumo reparar tanto, mas nessa hora eu percebi, já que estava jogando apenas esse torneio.

Eu queria saber quem era ele, pesquisei no Google para saber quem é, vi que tinha um Gregg Mueller com vários prêmios e braceletes, acreditei que era ele, não sabia, não tinha nenhuma informação, por isso pensei que era ele. Esse é um spot que tendenciosamente a população não tende a blefar muito, digo, a população que joga bem, os regs. Porque eu vou dar muito hero call, é muito óbvio que eu não vou foldar o river, pois quando eu dou check flop e pago na dobra do cinco no turn, é bem evidente que a minha mão tem algum valor de showdown com A-high, K-high, não estou pagando com algum draw, pois eu blefaria flop.

Brunno Botteon - BSOP Brasília
Mesmo sem tanta experiência em Limit Hold’em, Brunno Botteon alcançou o heads-up do torneio.

Eu espero que o vilão não vai apostar muito por blefe, mesmo os melhores combos, como as brocas, acredito que ele vá desligar com uma frequência boa, porque ele vai tomar muito hero call, então, tem esse meta game. Foi um fold bem explorativo, que na teoria, pelo preço que estou tendo, se ele tiver pouquíssimos combos de blefes, eu tenho um call bem fácil. Porém, um jogador bom, eu achei que iria blefar perto de zero, por isso foldei.

VEJA MAIS: João Fera é eliminado na mesa final do Evento #80 da WSOP Online

Eu ainda estava bloqueando combos de 42, que seriam os melhores blefes dele, que seriam as brocas. Se fosse um cara mais fraco, ele não saberia isso, que sempre vou pagar river, e, no impulso, vai querer me expulsar da mão, tendo muito mais blefes na mão, seria um easy call contra cara fraco.

Acabei jogando mais na tendência, acredito que foi um erro, mas faz parte do jogo. Uma mão, que obviamente eu pagaria com A-high, sem o 2, mas ainda ficaria pensativo, por causa dessa questão de eu dar muito hero call river. Entrei no reverso da psicologia.

Ele estava com 76, uma das melhores mãos para blefar, mas eu não acho boa a jogada. Apesar de não ter experiência no Limit Hold’em, eu digo isso porque a tendência é de pagar 99,9% das vezes. Mas ele acabou arrumando um cara louco, que sou eu, de foldar K-high. O A-high eu ia pensar muito também, já que são dois valores de showdown semelhantes nessa situação, mas estava jogando mais na tendência da população, que joga decente.

Clique aqui para baixar o Natural8 e começar a jogar!

Confira o último episódio do Pokercast:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.